Retrospectiva 2019: Livros que me fizeram questionar a realidade

21 de dezembro de 2019


Olá Leitores!

Dos livros que li este ano, alguns em especial foram ainda mais profundos e me deixaram pensativa durante dias. Eles me fizeram questionar a realidade e a levantar teorias sobre o que de fato aconteceria se os eventos retratados neles realmente se concretizassem.

Quem não gosta de uma boa leitura para nos fazer mergulhar de cabeça e nos fazer pensar com afinco? Irei falar um pouco sobre os livros em questão, e aproveito para deixar indicado todos eles:
O primeiro livro de uma trilogia, ele me levou a questionar algo que eu nunca tinha pensado a respeito. O protagonista é uma criança de 12 anos que vive em uma cidade em que há somente homens. Ele nunca conheceu uma mulher e todos os homens transmitem ruídos, eles conseguem ler a mente uns dos outros e seus pensamentos são como um caos.

A questão do ruído nos leva a crer que ninguém tem segredos expondo seus pensamentos, mas o livro nos mostra o contrário e vai muito além disso. A falta de mulheres também é suspeita e nos deixa uma questão sobre como e por quê não há mulheres ali.

O protagonista tem apenas 12 anos, então está em uma fase de desenvolvimento e descobertas e posso garantir que tudo que o autor produziu foi fascinante.

Este livro está no topo dos livros mais geniais que já tive o prazer de ler. Levantei várias teorias em Caixa de Pássaros, porém Inspeção me deixou com um sentimento de questionamento maior. Nele há uma torre contendo apenas crianças do sexo masculino e eles não conhecem nada do mundo. Foram criados para testar um experimento e no momento eles tem 12 anos.

Nunca conheceram nenhuma garota e segundo o P.A.I., a genialidade é perturbada pelo sexo oposto. As crianças não sabem disso, mas foram criadas para se tornarem gênios, sem a interferência de meninas.

O livro acaba por nos fazendo questionar "e se isso de fato acontecesse?". No decorrer da leitura o autor nos mostra o experimento e ainda nos deixa a par dos possíveis efeitos colaterais dele. O enredo acaba adquirindo um efeito cascata decorrente daquilo que supomos apenas em nossa mente e o resultado é simplesmente fascinante.

Esta foi a ficção que não saiu da minha cabeça por meses, mesmo após eu finalizar. O protagonista tinha tudo para ser um físico renomado mas acabou sendo um pai de família e um simples professor. Quando ele é abordado por um desconhecido e sequestrado, a pessoa o questiona "você é feliz com a vida que tem?"

Ele acorda em um lugar desconhecido, mas todos a sua volta dizem que aquela é sua casa e que ele é um físico brilhante e não possui família alguma. A apreensão está presente desde o início e a leitura nos leva a desacreditar no personagem.

Mas o principal, é que a mensagem é direcionada a nós e passamos a nos questionar se realmente somos felizes. É tudo lindo e cada acontecimento é muito bem escrito.

Este foi o livro de outubro do intrínsecos, mas já está na lista de leituras geniais. Ele tem uma pegada parecida com Matéria Escura, sempre nos fazendo pensar sobre a vida que temos e se a valorizamos.

A leitura é frenética e é uma ficção sem defeitos, o lançamento está previsto para janeiro e já deixo recomendado.

------------------
Todos esses livros me deixaram presa na história por dias. Ainda questiono sobre as teorias que formulei e o que todos tem em comum é que podemos facilmente nos perguntar e se nossa realidade fosse aquela?

Aí a resposta seria outra e ainda mais complicada. O fato é que são leituras extremamente inteligentes e que tem base crível e quem sabe pode ser possível acontecer.

LEIA A RESENHA DOS LIVROS ACIMA:

ADQUIRA OS LIVROS NA AMAZON:

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Olá, Leyanne.
    Tem livros que faz isso mesmo com a gente. Um que me fez pensar muito esse ano foi Vox. Dos que você citou eu tenho vontade de ler Matéria Escura, que só vi elogios e Mundo Em Caos que já li outro livro do autor que gostei muito.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Realmente, tem alguns livros que nos fazem questionar bastante a vida e nossa sociedade. Fiquei mega curiosa com esse 'Recursão'. Um que mexeu bastante comigo foi 'O conto de Aia'. Há quem não goste dele, mas mexeu muito comigo e me fez questionar bastante coisa.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  3. Em 2020 pretendo ler esses dois do Blake. Como esse ano eu estava numa fase meio bad, fugi um pouco de livros nesse estilo..
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Esses eu nao li, mas sei bem como é essa sensação que os livros nos trazem, a gente fica imaginando que talvez a ficção não esteja tão distante da realidade... e é assustador ne!!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Lindo conhecer aqui, volto mais vezes. Alei esse post.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.