[RESENHA] Inspeção

24 de setembro de 2019

Olá Leitores!

Páginas: 416 |Editora: Intrínseca |Autor: Josh Malerman | Ano: 2019

Este é o segundo livro que leio do Josh Malerman e ainda estou impressionada com a quantidade de informações que ele dispõe. Primeiro de tudo, se você pretende ler este livro, precisa se atentar aos mínimos detalhes. Ele é narrado e focado em crianças de 12 anos, mas é voltado para um nível de pessoas mais adultas. A complexidade e genialidade que esse livro representa irá fazer sentido para você logo que ler o livro.

Inspeção é uma ficção e acredito que um livro em que se põe em prova um experimento. Nele, 26 meninos foram criados em uma torre isolada para uma única finalidade: testar um experimento. A coisa toda parece fora do comum e no início não parece fazer nenhum sentido. Os meninos estão na torre a 12 anos e tudo o que conhece foi apresentado pelo P.A.I. que para eles representa alguém superior a quem deve reportar e obedecer.

“Doze anos de verdade congelada, por fim, emergiam.”
O experimento que o P.A.I. fez, foi apartar os meninos de toda sociedade e os criar do zero para que sejam gênios, sem interrupções do sexo oposto. Ele acredita que o contato com o sexo oposto nos deixa reféns de sentimentos e não conseguiriam focar em “situações que requerem verdadeiramente o foco”. Vendo por esse lado, o experimento parece ainda mais absurdo, mas também nos deixa com uma pulga atrás da orelha se irá dar certo ou não.

As crianças não sabem absolutamente nada sobre isso.. Tudo o que conhecem é o P.A.I., seus irmãos, e a instituição (a torre) em que moram, chamada Parentalidade. Diariamente eles são expostos a Inspeções como forma da Parentalidade ter um controle ainda maior sobre eles.  Os meninos também são peculiares, eles foram criados sendo chamados por ordem alfabética de A a Z. A narração fica por conta de J, uma criança espetacular que já começa dar indícios de questionamentos.

“Artigo primeiro da Constituição da Parentalidade: A genialidade é perturbada pelo sexo oposto.”
Uma das primeiras coisas a se pensar sobre esse experimento, é até onde a curiosamente dessas crianças, regada por tantos anos, irá ficar estática. Eles poderiam se rebelar a qualquer momento, afinal estão sendo criados para serem curiosos e futuros gênios. Mas na idade que os acompanhamos, já notamos que a genialidade está ali. Eles são sujeitos terrivelmente precoces e talvez isso seja um problema futuro.

J é um menino que aprendi a adorar e a questionar junto com ele. Imaginei os motivos que levaram o P.A.I. a tentar tal coisa, onde ele arrumou as crianças, e o motivo de também não ter meninas ali. Por que ele escolheu fazer o experimento somente com meninos e não com meninas? Afinal o sexo oposto em sua visão poderia influenciar negativamente os dois lados, podendo ter chance de sucesso ao criar meninas.

“Uma coisa importante foi roubada da gente. Ficamos presos por doze anos. E sabe o que é pior? Nem sabíamos o que era liberdade para sentir falta dela.”
O segredo de entender essas questões está nas entrelinhas e continuo pensando que Josh fez além de somente querer escrever uma ficção diferente. Ele simulou o experimento apresentado no livro, mesclou suas complexidades, cogitou as consequências, nos instigou a pensar em várias teorias, e fez tudo acontecer como em um efeito cascata. A forma precoce dos meninos de serem criados o influenciaram de tal forma que suas mentes estão bem desenvolvidas mesmo que todo o resto ainda seja imaturo.

“A morte se tornava um tópico impressionante entre meninos que não sabiam como haviam nascido.”
O final pode ser visto para muitos como impensável, mas ao ler, imagine que tudo foi consequência da forma como foram criados. Imagine o quanto isso os transformou. A importância dessa leitura me fez pensar sobre o quanto precisamos questionar, e o quanto nossa curiosidade pode nos levar a situações que pode nos livrar ou nos prender de certas coisas. Esse é um fator principal no livro, e não deixo de pensar que também seja um fator principal para nós também.

VEJA A RESENHA DE CAIXA DE PÁSSAROS.

ADQUIRA INSPEÇÃO NA AMAZON:

Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Olá, Leyanne.
    Eu achei a ideia do enredo bem interessante e se o livro fosse de outro autor eu ia ficar morrendo para ler ele. Mas Caixa de Pássaros me fez passar tanta raiva que acabei desistindo de ler outros livros do autor.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita, sério? Adorei Caixa de Pássaros e achei a proposta dele ótima.

      Excluir
  2. Oi, Leyanne!
    Esse livro parece ser bem mais interessante que os outros do autor. Anotei a dica para quando quiser dar uma chance.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio de aniversário Balaio de Babados e O que tem na nossa estante. Participe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Posso garantir que ele é ótimo e nos deixa instigados a fazer várias teorias haha. Só li Caixa de Pássaros do autor e adorei. Espero que goste de Inspeção.

      Excluir
  3. Oi, Leyanne. Tudo bom?

    Eu adorei Caixa de Pássaros apesar de ter detestado o final. Achei o fato do foco serem crianças de doze ano interessante, porém complicado, já que tenho um certo bloqueio com histórias narradas por crianças. Todavia, não são crianças comuns, então isso já me anima um pouco mais. Fiquei curiosa e gostaria de ler sim.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma ficção que te instiga a desenvolver teorias e muita curiosidade. Eu adorei e espero que goste.

      Excluir
  4. Oi, Leyanne!
    Li Caixa de Pássaros e adorei. Fiquei curiosa com a premissa de Inspeção, parece ter diferencial, assim como o outro livro que li.
    Adicionei aos desejados já.

    Beijos
    Construindo Estante || Promoção no Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade se tratando do diferencial, nunca tinha lido nada assim.

      Excluir
  5. Olá querida! Amei o seu blog e já o segui, quero convidar-te a visitar e a seguir o meu de volta <3

    pimentamaisdoce.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, adorei a visita e já vou visitar o seu!

      Excluir
  6. Oii! Nunca li nada do autor mas já sei que amaria demais esse livro. Acho que por ser um local só com membros do sexo masculino, me lembrei um pouco de A Mão Esquerda de Deus. Claro que não tem nada a ver mas me recordou do livro kkk Fiquei curiosa para saber mais sobre o desenrolar da história e se seus questionamentos lhes trouxeram algum problema. Adoro livros nesse estilo <3

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acredito!!! Você leu A Mão Esquerda de Deus!!!! Eu amei aquele livro e parando pra pensar, Inspeção parece um pouco com ele em alguns aspectos!

      Excluir
  7. Olá!
    Quero muito ler esse livro, adorei saber o q achou!
    Já li Caixa de pássaros e achei ótimo (só o final q nem tanto kkk)
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho esse ainda melhor que Caixa de Pássaros, e olha que adorei ele (até o final).

      Excluir

Tecnologia do Blogger.