resenhas

[Resenhas][slideshow]

[RESENHA] Recursão


Olá Leitores!

Páginas: 320 | Editora: Intrínseca | Autor: Blake Crouch | (lançamento previsto para janeiro de 2020)


Se você já leu Matéria Escura, talvez esteja familiarizado com a escrita do autor Blake Crouch e seu modo de misturar assuntos científicos e humanos. Em meu primeiro contato com o autor, percebi que teria que ler todos os seus livros. Ele escreve divinamente bem, e tenho certeza que fãs de ficção científica irão apreciar muito bem seu trabalho.

Recursão foi o livro do mês de outubro do Intrínsecos, ele tem uma pegada bem dinâmica, que como disse, fãs de Matéria Escura irão adorar. Recursão nos leva novamente a questionar assuntos humanos empregados no meio de conceitos científicos.

Aqui algumas pessoas sofrem de SFM, que significa Síndrome da Falsa Memória, onde quem é afetado acaba lembrando de coisas que não aconteceram e questionando qual sua realidade. Consequentemente isso afeta o psicológico da pessoa, afetando-o a ponto dela cogitar suicídio. Em um caso típico da SFM, o detetive Barry é chamado para impedir um suicídio.

"Afinal, o que caracterizaria uma lembrança como 'simples'? Será que se pode dizer que isso existe, em se tratando da condição humana?"
Ao chegar lá, ele entende que a pessoa sofre de SFM, mas mesmo assim tenta impedir o acontecimento. Como as causas da SFM são desconhecidas, também não se sabe se isso pode ser passado pelo ar ou se exista risco de contágio. Por não conseguir impedir o suicídio, Barry investiga alguns elementos que a vítima falou pertencerem a suas outras lembranças.


"Se cada lembrança contém um universo, o que se poderia chamar de simples?"
Barry vai parar em um suposto hotel em que tudo começa a fazer zero sentido. Prometem mudar a vida dele e dar uma nova chance a um evento do passado que ele sofre até hoje: a morte de sua filha.

Tudo isso se passa em 2018. Contudo o livro é narrado também focando em outra personagem em 2008, Helena, que quer preservar lembranças para pacientes de Alzheimer se beneficiarem construindo uma cadeira imersiva. Ela é uma cientista brilhante e recebe patrocínio para realizar seu sonho.

Recursão é muito mais que uma mera história de ficção científica ao nos fazer imergir em uma  história que nos prende totalmente. O livro contém diversos conceitos físicos e sobre neurociência, principalmente se tratando sobre lembranças. Ambos os personagens principais se encontram em algum momento da história e possuem uma importância enorme nela.

"E a que vamos nos agarrar, momento após momento, se as lembranças forem mutáveis? Nesse caso, o que é real? E se a resposta é nada, o que resta?"
A história deles é linda e cativante. Por saber que a história dos dois se passavam em anos diferentes, eu não tinha noção se eles iriam se encontrar, mas mesmo assim, eles contribuem bastante em vários pontos do livro.

Pode não parecer, mas a obra trás teorias sobre multiverso, viagens no tempo e viagens dimensionais. A grandeza de cada conceito inserido na história é de tirar o fôlego. E a maestria com que Blake Crouch administra cada assunto científico e insere na história combina perfeitamente.

"O tempo é uma ilusão construída pela memória humana. Não existe passado, presente ou futuro. Tudo está acontecendo agora."
Ainda na metade do livro me perguntei como foi que cheguei até ali. Há várias mudanças de cenário, reviravoltas e plots. Diversos elementos me impressionaram, e talvez o aspecto principal tenha sido o autor nos levar a questionar, talvez inconscientemente, que o tempo não é linear. Há muitas indagações sobre isto, mas o autor nos instiga a também pensar junto dos personagens.


Um ponto semelhante entre Recursão e Matéria Escura são as dúvidas que o livro deixa sobre nossa realidade. É inevitável ler algo de Blake Crouch e não ser deixado essa impressão de indecisão. Acima de tudo Recursão é  uma obra brilhante que merece todos os destaques possíveis.


"O agora não passa de uma ilusão, um efeito aleatório do modo como nosso cérebro processa a realidade."
Não passa despercebido em como tudo citado no livro tem base científica e até mesmo as teorias são fundamentadas e postas na prática durante a leitura. O final do livro nos deixa um vazio imenso que aposto que quem leu também tenha sentido.

Até cogitei perguntar para a editora se ainda faltava algumas páginas finais(rsrs), eu não estava aceitando que o final era aquele. Minha indignação com o final não fez com que o livro caísse em minha estima, ele continua sendo perfeito e talvez o final tenha sido proposital para nos deixar ainda mais imersos dentro da história mesmo após ter finalizado.

VEJA A RESENHA DE MATÉRIA ESCURA.



ADQUIRA OS LIVROS DO AUTOR NA AMAZON:

6 comentários:

  1. Ah é só falar em ficção cientifica que eu já tô dentro ahaha
    Eu não li nenhum, mas estou fascinada com o enredo, lembrou-me um pouco a série OA que é o máximo e tem o hotel, um cientista, viagens no tempo ou coisa parecida...
    Eu amei a resenha e as imagens :D
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  2. Oi, Leyane como vai? Os livros de Blake Crouch são maravilhosos. Não li esse livro Matéria Escura, contudo irei lê-lo. Adorei sua resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Leyanne,
    Você tem a versão dos Intrínsecos! QUE DEMAIS!
    Queria tanto assinar, mas acho um pouco caro para minha situação atual. rs
    Quero ler!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi! Eu não sou assinante do clube, mas se soubesse que seria um livro deste autor não teria deixado passar. Gosto de sua escrita e este livro parece ser muito interessante. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Hey Leyanne! Tudo bem?
    A box da intrínseca está vindo com qualidade inquestionável. Gostei da premissa do livro, e como quero adentrar mais no gênero de ficção científica, vou colocá-lo na minha lista.
    Obrigada por comentar lá no blog.
    Volte sempre!

    | Blog Misto Quente |

    ResponderExcluir
  6. Então termina mesmo em "dois pontos"? Haha ainda tô chocada. Jurava que tinha vindo com defeito.

    ResponderExcluir

3 motivos para ler

[3 motivos][stack]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]