resenhas

[Resenhas][slideshow]

[RESENHA] Um Tom Mais Escuro de Magia


Olá Leitores!

Páginas: 420 |Editora: Record |Autora: V. E. Schwab | Ano: 2016| Gênero: Fantasia, young adult.

Este é o segundo livro que leio da Schwab. Meu primeiro contato com sua escrita foi com o livro Vilão, que é uma ficção YA, que conta uma história sobre um antagonista ao invés de pintá-lo como um herói. Como a experiência foi boa, e os comentários a respeito de Um Tom Mais Escuro de Magia são igualmente ótimos, imaginei que iria gostar da história.

Nela, a autora não escreve uma ficção e sim uma fantasia, narrada logo no início de 1900. Imagine que exista mundos paralelos. Essa teoria já é cogitada na física e Schwab aproveitou-a e moldou isso na história para torná-la mais "mágica".

Nesta versão de mundos paralelos, Schwab cria quatro Londres, onde elas são conectadas por magia. Assim como em mundos paralelos, para viajar entre elas precisa-se de algumas regrinhas, mesmo que seja comandado por outros meios.

Kell, o protagonista é dotado de poderes mágicos e um deles é a capacidade de viajar entre as Londres. Ele é um dos únicos que ainda conseguem fazer isso, desde que os portais para o restante das pessoas sem essa capacidade de viajar, fechou. Sua natureza é intrigante, já que possui um olho normal e o outro completamente negro. Seu tipo de magia também é raro e é conhecido como Antari.

"Nada havia de humano naquele olho. Era puramente mágico. A marca de um mago de sangue. De um Antari."
O fechamento desses portais tem um motivo, o que achei fazer muito sentido, e também faz parte de pontos cruciais para o desenvolvimento da história. Kell não é um sujeito totalmente obediente quando se trata de regras e burla uma das mais importantes ao transportar pequenos souvenires  aparentemente inofensivos entre os mundos.

Em meio a essas transições inofensivas, ele acaba de posse de algo verdadeiramente perigoso e é  roubado por uma ladra procurada chamada Lila. Os dois começam a ser perseguidos, e claramente viverão essa aventura juntos. O título de casal nos dois não é implícito, mas é possível perceber a química entre eles.

Lila e Kell não são os parceiros ideais para correrem contra o fim do mundo, contudo essas diferenças gritante entre eles, faz com que a interação seja ainda mais intensa. Eles se sentem no dever de impedir o que quer que esteja acontecendo, já que se veem como responsáveis pelo tal objeto que estão de posse.

"Lila. Um nome doce, porém pronunciado como uma faca, cortado na primeira sílaba, a segunda um mero sussurro de metal pelo ar."
Ao contrário de Kell, Lila não possui poderes, mas não precisa disso para se destacar. Kell se impressiona com seus olhos logo de cara, causando um forte impacto nos leitores por notar como a personalidade de Lila também é marcante. Ela é uma personagem que a autora soube muito bem manusear e lapidar, mas creio que os mistérios a seu respeito ainda não estão todos desvendados.

Há alguns mistérios que rodeiam a personagem e isso pode ser explicado nos próximos volumes. O mistério acerca dos personagens em conjunto com as revelações dada aos poucos no decorrer da história, faz com que o leitor se sinta devidamente satisfeito. Por mais que há dúvidas, nota-se que haverá outras oportunidades para serem respondidas.

Quanto as Londres retratadas no livro, elas se parecem bastante com a nossa, e creio que  autora quis recriar uma baseada em nossa Londres, porém um pouco permeada por magia. Os habitantes de "nossa" Londres desconhecem a magia, quanto as demais Londres possuem um conhecimento maior.

"A magia tornava as coisas mais fáceis. Às vezes, pensou Kell, tornava-as fáceis demais."
A magia que a autora cria, é diferente. A forma como ela a capturou e desvendou aqui no livro, deu uma voz maior para ao que a magia é, estabelecendo nela algo mais vivo, como uma força da natureza. A magia empregada na história não é vista como boa ou má, sua identificação dependerá bastante de como é usada e quem a está usando, e os efeitos e consequências estão totalmente ligados a isto também, resultando em uma reflexão por parte do leitor sobre o quanto o poder pode ser corruptivo, ou se já somos corruptos e com a ajuda do poder, isso se torna mais real.

LEIA A RESENHA DE VILÃO

ADQUIRA O SEU EXEMPLAR NA AMAZON:

9 comentários:

  1. Olá...
    Eu já li esse livro e ameeeeei demais! Preciso ler o segundo o mais rápido possível antes que saia o terceiro volume ;)
    Esse livro é diferente de tudo o que já li e tudo é tão envolvente e original que é uma tarefa impossível não amar esse livro <3
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Leyanne como vai? Eu não li este livro, embora eu tenha curiosidade por lê-lo, ainda não tive oportunidade. Me parece uma fantasia peculiar e instigante. Gostei da dica e da resenha. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Leyanne.
    Eu li esse livro no ano passado e estou enrolando para ler a continuação na esperança de que lance logo o terceiro. Achei que fosse ter dificuldade para entender isso de mundo paralelo, mas foi bem de boa.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Eu já li esse livro, confesso que sofri no começo com as partes mais maçantes, mas a história é realmente bem diferente.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oii!!!
    Nunca li esse livro mas não nego que só pela capa eu já leria kkkk nem ao menos conhecia sobre. Achei bem bacana a premissa, faz um bom tempo que não leio nada desse estilo mas só por vc ter gostado, imagino que eu tbm vá curtir.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  6. Oi Leyanne.
    Adorei sua resenha. O que mais me chama atenção é a maneira como a magia é construída. Sempre acredito nela como uma força da natureza e acho legal ver sendo extrapolada dessa forma.
    Beijos.
    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  7. Oi, Leyanne

    Eu não gosto de fantasia, mas amei esse livro! Adorei a construção das Londres e toda a questão da magia em cada uma delas. Eu estou esperando a editora confirmar o terceiro para poder ler o segundo, mas está difícil. Hahahaha

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Ley!
    Eu amei a interação entre o Kel e a Lilah, eles são perfeitos. Esse é um livro que apesar de ser um volume um, tem um final bem fechado e pra mim poderia finalizar ali. Espero que os outros volumes sejam tão bons quanto, mas me envolvi demais, principalmente com os dramas da Lilah. Eu achei ela uma protagonista super realista, meu tipo de personagem favorita. E o sarcasmo <3 Amo.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Fiquei curiosa para conhecer essa história, pelo visto ela é bem diferente. Já anotei a dica! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir

Dicas de Fantasia

[Fantasia][stack]

3 motivos para ler

[3 motivos][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]