[RESENHA] Wayward Son

10 de janeiro de 2020


Olá Leitores!

Páginas: 384 | Editora: Wednesday Books | Autora: Rainbow Rowell | Ano: 2019

* PODE CONTER SPOILERS DO LIVRO CARRY ON

Como uma fã de carteirinha do livro Carry On, fiquei ansiosa para o lançamento da continuação dele: Wayward Son. A princípio, Carry On não tinha uma continuação prevista, mas como a história fez muito sucesso, mesmo sendo um spin off, a autora decidiu agraciar os fãs, inclusive eu, com esta continuação.

Quando a continuação não é planejada e é decidida após o primeiro livro fazer sucesso, o leitor fica com um pé atrás sobre o livro ser bom ou não. Normalmente quando um autor decide esticar uma história, há muitos detalhes desnecessários que serve somente para enrolar quem for ler.

Fiquei com um medo horrendo disso acontecer. Carry On foi um dos livros LGBTs que mais gostei em 2019, então me decepcionar com a continuação era algo que eu temia. Quando enfim lançou Wayward Son, fui correndo ler e finalizei em poucos dias.

O livro continua com a mesma dinâmica divertida de narração, vários personagens narram em primeira pessoa. A história é narrada alguns meses após Simon derrotar o Insipidum e assumir seu namoro com seu antigo arqui inimigo, Baz. Sempre adorei mais o Baz, então para mim ele foi um inimigo que não tinha nada de inimigo rs.




Baz e Simon terminam Carry On ainda namorando, porém iniciam Wayward Son com uma relação mais fria. Ambos tem problemas individuais e sentem-se inseguros na relação. Apesar do leitor imaginar que essa insegurança possa vir da aceitação homossexual de ambos, o que mais os incomoda é o que o outro pensa sobre si.

Isso me irrita bastante. Quando um casal briga ou esfria a relação pela simples falta de conversa, me dá vontade de ir lá mesmo e colocar ambos frente a frente para resolverem logo isso. Para começar bem o livro, Penélope, Baz e Simon viajam para a America para tirarem férias e se aventurarem. A ideia da viagem é para animar Simon, que ainda sofre pela falta da magia e por se sentir insuficiente diante de seus amigos.

Os três de fato embarcam em uma aventura e podemos reencontrar alguns personagens de Carry On. A escrita continua fluida, engraçada e dinâmica. O livro pode ser lido em pouquíssimos dias e é divertido. Algumas coisas no livro me incomodaram bastante, a ponto de eu não poder ignorar.

Como expus no início, por ser uma continuação não planejada, o livro possui alguns desfalques e enrolação. A relação de Baz e Simon fica em aberto e nenhum dos personagens conversa um com o outro sobre o problema. O leitor chega a ficar pelos cabelos diante desse impasse.

Queria mais romance entre o casal e tudo o que vi foi hesitação mútua. Essas partes foram decepcionantes e me fizeram passar raiva durante a leitura. Há uma certa desconstrução dos personagens. Penélope assume ser alguém diferente do que era em Carry On e até mesmo sua relação com seu namorado é trabalhado.

Os personagens passam por aventuras e conhecem novas pessoas, e essa parte é bacana, só é uma pena a falta de construção no enredo e o desfalque com os personagens. Senti falta de algo mais. Posso deduzir que haja mais livros, tanto pelo final em aberto quanto pela falta de resolução em alguns acontecimentos do livro.
VEJA A RESENHA DE CARRY ON

ADQUIRA OS LIVROS NA AMAZON:

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Oi, Leyanne

    Como se não bastasse escrever uma continuação não planejada, ela ainda deixa brecha para mais? *insira o emoji com a bonequinha na testa aqui* ahahhaha
    Que pena que houve essa desconstrução de alguns personagens e essas picuinhas por falta de diálogo. Também me irrito bastante com isso, viu?!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Leyanne,
    Eu nunca li nada da Rainbow e para ser sincera, nunca senti muita vontade... Já vi algumas obras por 10,00 e não as comprei, porém Carry On é um dos seus favoritos? Fiquei curiosa!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Leyanne como vai? Que pena que a leitura não tenha suprido suas expectativas durante a leitura, e que o enredo em si haja enrolação em algumas partes. Eu não li nenhum livro da autora. Excelente sua resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá...
    Confesso que li sua resenha por alto, pois, Carry On será uma das minhas próximas leituras e estou muuuito ansiosa, já que só leio comentários bons a respeito dele!
    Amo demais a Rainbow Roell <3
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.