[RESENHA] Os Artifício das Trevas: Senhor das Sombras [Livro #2]

28 de março de 2019


Páginas: 598 |Editora: Galera |Autora: Cassandra Clare |Ano: 2017

Olá Leitores!

Senhor das Sombras é o segundo volume da trilogia Os Artifício das Trevas. Nele já temos uma noção do que nos aguarda graças a toda história desenvolvida em Dama da Meia-Noite. Esse foi um livro muito aguardado, já que adorei o livro anterior e me senti totalmente imersa na história. Cassandra tem um modo de escrita o qual seus leitores estão acostumados.

"Não havia como separar Jules e Emma gentilmente. A mera ação de separá-los era como um ato de violência, um rasgo no tecido do mundo."
Em Senhor das Sombras, a história se incia duas semanas após os acontecimentos do livro anterior. o livro se começa tranquilamente, porém nota-se que há algo errado. Emma e Julian percebem que realmente não podem ficar juntos, a clave está deturbada, caçadores de sombras estão corrompidos e há uma guerra por vir. Nos vemos diante de muitas revelações e consequentemente percebemos que essa não será apenas uma história sobre aventuras felizes.

"Era aterrador amar alguém proibido para você. Aterrador sentir alguma coisa sobre a qual você nunca poderia falar."
Aos poucos sentimos aquela tensão dos personagens principais, seu romance subtendido, e enfim o desenrolar da história. Se ficamos deslumbrados com a nova criação da autora, imagine se descobrirmos que isso é só a ponta do iceberg. Em todos os seus livros, há muitos personagens, todos eles imensamente importantes. Neste volume, cada um deles contribui para algo durante o enredo. Me apeguei a alguns deles, especialmente a Emma, Tiberius e Diana, considero-os personagens realmente fortes e com uma ótima construção.

"Havia alguma coisa no fato de ter a atenção de Tiberius que era, ao mesmo tempo, assustadora e irritante."
No livro 1 houve menções ao reino das fadas e até a aparição de algumas delas. Porém neste volume, conhecemos de fato esse reino e adentramos em seu lado Unseelie, o lado sombrio. É impressionante o modo como a história é construída, pois apesar de ser um livro recente, as cronicas dos caçadores de sombras possuem outros livros, os quais já exploraram boa parte desse universo.

"Pode partir meu coração - falou ele. - Deixe-o em pedacinhos. Eu te dou permissão."
Mencionei que passei a gostar imensamente de alguns personagens, isso se deu ao fato de que alguns deles possuem algumas diferenças bastante humanas, o que não os fazem inferiores. Eles são trabalhados para darem exemplos de inclusão e a diferença que eles possuem são uma parte natural. 

"Acredito que onde houve amor, sempre haverá brasas, como os resquícios de uma fogueira preservando a chama."
Passei a me acostumar com os finais de livros que a Cassandra escreve, sempre espero algo de extraordinário acontecer e logo após uma pausa para explicar os fatos. Esse meu costume foi interrompido ao chegar nas últimas páginas de Senhor das Sombras e meu coração estilhaçar. Fiquei extremamente surpresa com o desenrolar da história, reli ele recentemente para lembrar de alguns pontos importantes e a história me prendeu do mesmo modo quando li da primeira vez. 




Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.