resenhas

[Resenhas][slideshow]

[RESENHA] Cidade da Lua Crescente vol. 1


Olá, leitores!

Páginas: 895 | Autora: Sarah J. Maas | Editora: Galera Record | Ano: 2020 | Gênero: Fantasia, Mistério | Tradução: Adriana Fidalgo | Classificação indicativa: +18

Minha primeira impressão com essa leitura foi de como o universo é diferente. É como se nossa realidade estivesse junto com muita fantasia. Nada como ficção científica, e mais como aparelhos que fazem parte das nossas vidas em um mundo com fadas, sereias, ou qualquer outra criatura acessando o instagram normalmente. Mesmo tendo lido alguns livros com algo perto disso, esse foi o que mais ficou próximo e distante da nossa realidade ao mesmo tempo.

Essa foi uma leitura que me deu medo pelos comentários, por isso decidi ler um ano após a publicação, quando enfim minhas expectativas estavam mais baixas e eu poderia desfrutar da leitura, gostando ou desgostando como preferir. A narrativa, para mim, foi fluida como sempre. Bryce é uma protagonista decidida e forte, mas como somos muito diferentes, não me identifiquei com ela. Apesar disso, gostei das suas atitudes e de como as primeiras páginas se desenrolaram.

Bryce tem uma amiga da qual é bastante próxima: Danika. Imaginei que essa amizade se faria presente por boa parte do livro, e de fato fez, mas não como eu imaginei. Diferentemente das minhas outras experiências com os livros da Sarah, esse teve mistério e investigação entrelaçados com fantasia e romance em ascensão.

Demora uma boa quantidade de páginas para que as investigações de fato aconteçam, os personagens principais realmente se encontrem e toda a coisa comece a ter um rumo certo. Até lá, o universo é explicado, conhecemos melhor a protagonista, bem como um pouco de suas relações familiares e outros assuntos que dão impulso para que a narrativa seja atrativa mais a frente quando as respostas finalmente chegam.


Essas primeiras páginas podem ser lentas para alguns, mas não foi para mim porque eu já estava decidida a ler este livro sem expectativas, portanto não tive dificuldades para prosseguir. No fim, devorei a leitura em três dias e foi um misto de sentimentos.

É complicado dar detalhes e opiniões específicas porque algumas coisas demoram bastante para acontecer, então só me resta indicar para que leiam. As relações entre os personagens se fazem bastante presentes, tanto que em alguns momentos desejei passar por cima de alguns diálogos que não surtem efeito nenhum em momentos futuros.

Os pontos mais interessantes para mim foram as interações entre Hunt e Bryce, tendo Hunt, um anjo caído que trabalha como assassino, despertado meu interesse assim que apareceu. O mistério, que está diretamente ligado a Bryce, surtiu efeito em me fisgar, mas houve momentos em que me senti perdida em meio a tantas páginas e outras mil coisas rolando.

Ao todo são três narrações: Bryce Quinlan, a semifeérica; Hunt Athalar, anjo caído; Ruhn Dnaan príncipe feérico e meio irmão de Bryce. O último foi um personagem que também me surpreendeu e da metade para o final fiquei ainda mais curiosa sobre ele. Os três têm pontos narrativos importantes, mas Bryce e Hunt ganharam plots sensacionais.

Em alguns momentos poderia jurar que não acreditava no que meus olhos liam, o que me fez acordar para a trama. O jogo político é interessante a partir do momento que começamos a entender o funcionamento do universo, o que para mim demorou boas páginas.

Quando cheguei no plot twist foi como me pegar desprevenida. Nem sei como não dei um grito no momento haha. A autora prepara bem as questões e outras são esquecidas para o que espero que seja uma abordagem na sequência.

Essa foi uma fantasia diferente do que costumeiramente leio. Ao invés de lutas e reinos épicos, há tecnologias e dinvindades em disputas. A busca por um trono não é um ojetivo principal e sim o mistério. Pode ser uma excelente leitura para quem busca algo diferente e ler sem expectativas é a melhor opção, porque ser pega de surpresa é muito bom.

A leitura constrói bem os relacionamentos, fala sobre amizade e tem sim momentos que me emocionaram. Foi uma leitura rápida, afinal de contas, que indico para quem também curte esses elementos.

ADQUIRA SEU EXEMPLAR NA AMAZON:

3 comentários:

  1. Eu amo livro que surpreende. Eu sou o tipo de leitora que é muito difícil de se surpreender, então quando um livro consegue fazer isso fico muito feliz

    ResponderExcluir
  2. Oi, Leyanne. Tudo bem? O calhamaço parece ser instigante e agradável de ser desbravado, não é mesmo? A capa é linda! Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Que resenha maravilhosa, sempre fico desejando ler esses livros pela sua delicadeza de resenha-los

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir

Dicas de Fantasia

[Fantasia][stack]

Motivos para ler

[3 motivos][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]

Lançamentos

[Lançamento][grids]