resenhas

[Resenhas][slideshow]

[RESENHA] HQ El Borbah


Olá, leitores!


Páginas: 128 | Autor: Charles Burns | Editora: DarksideBooks | Ano: 2020 | Gênero: Policial, Comédia | Tradução: Paulo H. Cecconi | Classificação indicativa: +16


El Borbah foi uma leitura diferente e surpreendente. Minha primeira impressão era que não seria tão boa quanto eu esperava, mas ela acabou sendo tão rápida que quando notei, estava dando risadas enquanto lia. A graphic novel tem um modelo diferente e investigativo. Parece uma mistura entre os anos 1960 a 1980, como também futurístico em alguns pontos.


Protagonizado pelo detetive El Borbah, a HQ ganha traços humorísticos graças às ações do personagem. O que encontramos ao adentrar a obra, são várias histórias roteirizadas e ilustradas por Charles Burns. Pode-se dizer que são contos, do mais breve àqueles contendo quantidades de páginas maiores, dividindo-se em várias partes.


El Borbah é a própria figura que torna as histórias ainda mais interessantes. O personagem é inspirado em lutadores mexicanos da década de 1960, que, segundo o autor, fizeram parte de sua vida. O protagonista tem uma vestimenta interessante, diferenciando-se dos demais personagens que aparecem nas histórias. Sua máscara, tamanho, e abordagens são de longe, pontos marcantes.



El Borbah diferencia-se também pelo modo como gerencia sua profissão. Ele não é como os detetives da literatura que eu conhecia, que são mais estratégicos e quietos. Aqui, o sr. Borbah arranja casos de maneira curiosa, e os desvenda de um modo ainda mais pitoresco. É tão diferente do que estou acostumada, que me vi rindo e adorando as aventuras.


As histórias também têm peculiaridades interessantes. A meu ver, o autor colocou elementos cômicos em tramas divertidamente sérias, que não há como não soltar gargalhadas. Até mesmo os nomes dos personagens possuem informações jocosas.


Os casos a serem desvendados embrenham-se entre o ridículo e o inusitado, com desfechos até mesmo trágicos. A obra é para apreciar em um tempo curtíssimo. O modo divertido e breve dos contos são ótimos para ler em pouco tempo.


As histórias reunidas são algumas das primeiras obras do autor envolvendo El Borbah, por isso são breves e algumas previsíveis. Tentei não levar nada a sério durante a leitura, para deixar as histórias fluírem melhor.


Foi surpreendente para mim, já que não esperava me deparar com histórias simples, engraçadas, e peculiares. Apesar disso, há características na obra que têm cunho pesado, portanto é importante destacar esse ponto. Ademais, os contos são fechados, a edição incrível, e espero ler outras obras do autor. Se não com o mesmo personagem, então outras como Black Hole e Big Baby, também publicados pela DarksideBooks.


ADQUIRA SEU EXEMPLAR NA AMAZON:

5 comentários:

  1. Não sei se é meu estilo de leitura. Mas interessante os contos serem fechados, porque dá para ler aos poucos. Acho que as partes cômicas também são muito importantes para a "leveza" da narrativa.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Leyanne. Tudo bem? Psrece interessant3. Que bom que gostou. Ótima resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Sou louca para ler graphic novels, ainda não tive a oportunidade mas me interessei muito por El Borbah, vou deixar anotadinho para ler depois!
    Beijinhos,
    www.cafecommands.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Leyanne, tudo bem?
    Gosto de ler graphic novels, então se a oportunidade surgisse eu daria uma chance sim!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  5. Eu curto graphic novels, embora não leia há um bom tempo. Eu gostei bastante da proposta de ser um lutador de luta livre mexicana... hahaha
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir

Dicas de Fantasia

[Fantasia][stack]

3 motivos para ler

[3 motivos][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]