resenhas

[Resenhas][slideshow]

[RESENHA] HQ A Bruxa Margaret


Olá, leitores!

Páginas: 144 | Autores: Jim Broadbent & Dix | Editora: DarksideBooks | Gênero: HQ, Ficção, Fantasia | Ano: 2020 | Tradução: Aline Zouvi

A HQ A Bruxa Margaret seria uma obra que eu iria ler por adorar histórias com bruxas, mas descobri algumas informações sobre ela que tornou a leitura ainda mais interessante. A história foi baseada em uma pintura de Pieter Bruegel, chamada O Velho, de 1563.

A obra está no final da HQ e é possível passar horas apreciando a beleza dela. Basicamente, há nela uma mulher que brigou com o marido, foi ao inferno e voltou de lá incólume, e agora corre no meio de uma baderna liderando várias pessoas para lutar.

Esse é um retrato bem incomum, mas mostra uma mulher forte. De certa forma, como foi proposital, ela lembra muito a bruxa Margaret retratada na trama. Os traços da HQ são melancólicos, com uma paleta de cores mais sombria, e mostra a vida de Margaret, uma mulher isolada e simples.


Como o próprio título diz, ela é uma bruxa, e é fácil reparar isso por meio de algumas de suas ações. A HQ é bem mais visual, portanto há poucos diálogos, com um destaque maior nas imagens. Da mesma maneira, as ilustrações ressaltam mais o dia a dia de Margaret até que ela toma algumas decisões.

A lição da história é ótima e pode deixar o leitor reflexivo. A representação artística da obra é impecável, transparecendo algo mais sorumbático em torno da vida e melancolia de Margaret. Talvez se eu não houvesse pesquisado mais sobre a obra, autor e em quê é baseado, a leitura teria um outro significado. Contudo, ao olhar para a arte em que foi baseada, há semelhanças, e um certo grau de subjetividade no que cada um pode interpretar, ainda tendo uma lição final bem impactante.


A obra foi escrita pelo Jim BroadBent, bastante conhecido por suas participações na franquia Harry Potter e Game of Thrones, e essa foi outra surpresa que tive quando pesquisei mais do autor. Quem ilustra a HQ é Dix, um quadrinhista bastante talentoso que conseguiu representar a atmosfera sombria de Margaret por meio dos traços e cores.

Essa é uma leitura rápida, e apesar de ficar meio perdida no início, foi uma boa leitura. Mas que também possui um conteúdo delicado como mutilação e nudez explícita, e não é recomendado para menores.



ADQUIRA SEU EXEMPLAR NA AMAZON:

2 comentários:

  1. Oi!

    É impressionante como a arte inspira mais arte. Adoro saber de detalhes sobre a inspiração para as obras literárias (e não só literárias...como foi o caso de "The Poet and The Pendulum" de Nightwish).

    Até!
    www.nsmoraes.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Leyanne. Tudo bem? Que resenha incrível. Gostei bastante desta HQ. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Dicas de Fantasia

[Fantasia][stack]

3 motivos para ler

[3 motivos][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]