resenhas

[Resenhas][slideshow]

[RESENHA] Eu Estou Pensando Em Acabar Com Tudo

 

Olá leitores!


Páginas: 222 | Autor: Iain Reid | Editora: Rocco | Ano: 2017 | Gênero: Suspense Psicológico | Tradução: Santiago Nazarian


Talvez você já tenha se deparado com uma leitura bem diferente a ponto de estranhar tudo nela e iniciar totalmente no escuro. Essas foram minhas primeiras impressões sobre este livro. Eu Estou Pensando em Acabar Com Tudo foi um mistério para mim desde o início e na medida que eu progredia, não sabia em que estava me metendo.


Acontece que o suspense e mistério desse livro é bastante impregnado nas páginas de modo que ele aumenta conforme avançamos até chegar ao clímax. Até o final do livro, eu não sabia como classificá-lo. Se era um romance, suspense, thriller, terror ou mistério. Ficou tudo confuso. Eu não entendia o que os personagens estavam falando e o destino para onde o livro ia.


As situações descritas nele podem ser classificadas como um tanto paradas, mas a escrita é fluída. O livro não alonga tanto a história, de forma que até eu, que prefiro livros grandes, gostei desse ser curtinho. A obra não tem exatamente uma sinopse por não entregar muito ao leitor até que ele chegue ao final.


Em um breve resumo sobre o que esperar, temos um casal de namorados que vão visitar os pais de um deles, no caso Jake, e a garota, que não sabemos o nome, narra toda a história. Boa parte do livro é com o casal dentro do carro durante o trajeto para a casa dos pais de Jake. A garota tem flashbacks constantes de como conheceu o namorado e a insistente ideia de querer "acabar com tudo" entre ela e Jake.



Às vezes um pensamento está mais próximo da verdade, da realidade, do que uma ação. Você pode dizer qualquer coisa, pode fazer qualquer coisa, mas não pode forjar um pensamento.


A frase "eu estou pensando em acabar com tudo" é pensada por ela repetidas vezes e me questionei se essa frase não teria algo a mais nas entrelinhas. Mas como eu já não estava entendendo muita coisa, essa questão foi apenas uma das outras bem confusas. Há uma rede de informações das mais diversas que pode confundir ainda mais o leitor por nos jogar em várias direções e não nos entregar nada definitivo.


A sensação que tive, foi a de realmente estar nadando no escuro. No decorrer dos capítulos, alguns flashbacks de outro personagem aparecem, mas esses são ainda mais vagos. Em um determinado ponto do livro, a coisa ficou tão confusa que só podia dar em duas coisas: 1) finalmente chegar ao clímax da história ou 2) ficar ainda mais confuso.


Felizmente o autor teve piedade dos seus leitores e fez um livro curtinho. O clímax não foi o que eu esperava e não houve aquele choque em que tudo fez sentido. Sim, confesso que houve uma explicação, mas eu tive que demorar um pouco para tentar absorver a realidade do livro. Acho que minha mente meio que travou ao tentar entender tudo de uma vez e mesmo já tendo finalizado a leitura há uns dias, não sei ao certo se entendi tudo.


Não quero dizer que é um livro impossível de entender. Creio que seja mais particular e cada um absorve no seu tempo. Eu, por exemplo, tive minha cota de confusão e plot bem recheadas. O assunto do livro, quando finalmente entendemos do que se trata, é mais complexo e pouco trabalhado em outros livros.


Ficar confusa não é legal, mas esse é um dos aspectos dessa leitura. Se você curte livros que mexem com sua cabeça e tenha reflexões profundas, recomendo bastante esse. Ele exige uma atenção redobrada do leitor e tende a grudar na sua cabeça mesmo depois de finalizada a leitura.


Gostei da obra, mas foi só isso. O fato do livro ser uma confusão só não me agradou tanto e eu só pude entender o sentido disso após terminar. A fluidez da leitura me agradou, como também a edição e reflexões. Contudo, ainda espero entender completamente o que aconteceu na história.



ADQUIRA SEU EXEMPLAR NA AMAZON:

11 comentários:

  1. Oi Leyanne! Eu acho que já tinha visto esse livro ser comentado outras vezes em alguns lugares, por isso fiquei bem curiosa quando saiu o filme na Netflix, todo mundo fala que não conseguiu chegar ao final porque ele é muito parado. Mas que tudo faz sentido quando termina, admito que entrei para a estatística dos que desistiram nos primeiros 10 min e se o livro é, ao menos um pouco parecido com o livro, então não tem pra onde correr, haha. Mas admito que fiquei curiosa pra saber o que é esse final tão falado. Só acho que deveriam haver posts explicando os finais dos livros/filmes #fikdik

    Beijos
    https://coonversa-paralela.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem complicado e concordo que deveria haver algumas explicações sobre ele. Tive sorte por algumas pessoas que já haviam lido terem a paciência de me explicarem direitinho haha.

      Excluir
  2. Oi Leyanne, tudo bem?
    Eu tava detestando a experiência até chegar no final. Finais bons em livros medianos me conquistam mais do que o contrário. Adorei o plot twist e como toda a confusão que eu senti anteriormente encontrou uma explicação.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei do plot, mas ainda sim não entendi tudo haha.

      Excluir
  3. Oi Ley, tudo bem? Eu já tinha lidos as mesmas criticas em relação a adaptação, pensei que no livro fosse melhor, uma pena que não rsrs Mas o plot parece bacana, apesar dos pesares rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não li o livro. Mas o filme? Vi duas vezes! A primeira vez, eu odiei rs pois não entendi nada com coisa nenhuma e oh, ficar parada em frente a tv por duas horas, num filme que é apenas diálogos, sem ação nenhuma, é só para os fortes!
    Mas não me conformei e fui atrás de informações. Tá, eu cacei spoilers sim(igual fiz no filme O Poço quando o vi)
    Aí pude entender que o final do filme, não é explicado, igual é no livro. E só quem já havia lido o livro, poderia ter entendido o final do filme(deu pra entender? rs)
    Mas é isso. A experiência é única a quem vê o filme, só pra quem leu o livro.
    Por isso, sim, quero muito ler o livro e rever o filme(traveis) rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  5. Oi, Leyanne como vai? Tenho curiosidade em ler este livro. Parece-me bastante contraditório. Adorei a resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá, Leyanne.
    Eu fiquei curiosa com esse livro na época que lançou, agora nem tanto mais. Eu peguei alguns spoilers do filme, então meio que "entendi" o final. Fiquei assim com O Poço, precisei caçar interpretações porque não entendi o filme hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi Leyanne!

    Eu li esse livro e me fez sentir muitos sensações.
    A história segue o mesmos caminhos que a mente do personagem do final. Então é confuso mesmo, tortuoso, e foi isso que me conquistou.

    Apesar do Caos

    ResponderExcluir
  8. Está na minha lista, mas no momento não estou com muita vontade de ler, quem sabe em breve
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que vi a resenha de um filme do Netflix com esse nome. E pelo visto, tanto livro quanto filme são complicados de entender... =/ Uma pena, pois tinha tudo para ser uma ótima trama. Eu não sei se leria, infelizmente.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir

Dicas de Fantasia

[Fantasia][stack]

3 motivos para ler

[3 motivos][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]