resenhas

[Resenhas][slideshow]

Você não deve insistir em uma leitura quando...


Olá leitores!

É bem chato quando lemos um livro que nos deixa para baixo. Algumas indicações que recebemos as vezes parecem incríveis, porém, é necessário ter em mente que nem todos os livros, por mais necessários que pareçam, irão ser uma experiência boa.

Há vários fatores que isso pode depender. Nosso psicológico é o maior deles a se levar em consideração. Pensando nisso, resolvi listar algumas situações em que não devemos insistir na leitura caso ela não nos fará bem:

SENSAÇÃO DESCONFORTÁVEL:

Se o livro, por mais que anuncie na capa um conteúdo sensível, te deixa mal, te cause sensações desconfortáveis, não é legal insistir na leitura. Querendo ou não, a leitura irá persistir e ficar em sua mente por dias. Assim, o desconforto irá continuar, e não será mais um livro com experiências boas, mas sim, uma leitura desconfortável.

LINGUAGEM CRUA:

Muitas pessoas não curtem linguagens cruas, de baixo escalão. Podemos identificar isso desde palavrões, até cenas de sexo. Insistir em uma leitura em que o livro apresenta esse tipo de linguagem, quando você não curte, deixará sua experiência de leitura consideravelmente ruim. Podendo até mesmo a odiar o livro. Se ver que a linguagem não lhe conquistou, dá uma pausa, e se persistir, é melhor interromper a leitura.

ASSUNTO QUE  PARA VOCÊ É PESSOAL:

Há alguns assuntos bem dolorosos descritos em alguns livros. Por vezes não percebemos disso inicialmente, por ser algo a ser revelado mais a frente da trama. Quando tal assunto revelado nos toca de maneira pessoal, é certo que o desconforto será maior, e podemos até mesmo relembrar de experiências que preferimos esquecer. Esse tipo de livro é algo que fujo, preferindo livros que não aprofundem  em experiências que já tive, assim evitando gatilhos.

VILÃO COMO PROTAGONISTA:

É comum ver mocinhos como protagonista, mas também vemos eventualmente que alguns autores estão colocando seus "vilões" como protagonista. Vejo isso constantemente em thrillers, suspense, terror, entre outros gêneros. O lado do vilão, onde pensamos como ele ao vermos o horizonte por seus olhos, é legal. Mas isso acaba não sendo legal quando suas atitudes nos deixam nauseados. E quando você é sensível, e somente o vilão está narrando o livro, e esta sensação vêm a tona, é melhor dar uma parada na leitura para impedir maior desconforto.

ASSUNTO IMPORTANTE, PORÉM NAUSEANTE:

Livros que contém gatilhos, cenas de estupro, violência, entre outros, são os mais comuns em nos deixar nauseados. Esses são assuntos pesados, com conteúdo explícito e com probabilidade enorme em nos deixar mal. Geralmente, é esperado que tenha um aviso na capa, para que já estejamos avisados do conteúdo. Quando não encontrar um aviso, e se deparar com algum dos assuntos, é recomendável que você não prossiga a leitura, caso não se sinta bem para ler sobre o assunto. Geralmente são assuntos bem descritivos, que até mesmo para quem já é acostumado a esse tipo de leitura, se sinta desconfortável.

SE VOCÊ NÃO ESTIVER EM UM MOMENTO BOM:

Em momento algum devemos forçar uma leitura goela abaixo só porque ela precisa ser lida no momento. Em primeiro lugar é necessário rever nosso estado mental, e se estamos bem. Se insistirmos em forçar uma leitura forte quando estamos mal, provavelmente estaremos sujeitos a detestar a leitura, perder o ritmo da leitura, e ainda sermos influenciados por ela. E nem sempre essa influência pode ser dita como boa.

O LIVRO OFERECE DISCURSOS DE ÓDIO:

Um livro tem a capacidade de moldar pensamentos e ajudar a sermos quem somos. É importante que saibamos o que estamos lendo. Se nosso objetivo for nos acercar de coisas boas, é necessário nos desprender de leituras que irão nos confundir com discursos de ódio gratuito. Isso pode ser confuso, pois pode vir de autores que gostamos, ou assuntos que preferimos, mas até mesmo isso pode nos deixar desconfortáveis.

9 comentários:

  1. Oi Leyanne.
    Acredito que nunca li um livro que oferecia discursos de ódio, mas certamente não daria conta.
    As vezes eu vou atrás de leituras que causem incomôdos, mas é realmente a vibe.
    Da sua lista, a única coisa que realmente me incomoda é a cena de sexo. Porque acho desnecessário e na maior parte das vezes não contribui para a história.
    Beijos.
    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem? Os argumentos que você elaborou acontece frequentemente quando se lê frequentemente. Particularmente uma leitura que me incomoda bastante são cenas de estupro e agressão física ou psicológica contra mulheres e ou crianças. Cenas de sexo normalmente não acrescentam nada em um livro que não seja do gênero, no entanto, apesar de me incomodar não tem comparação com os mencionados por mim anteriormente. Ótimo post. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Leyanne,
    Acho que tudo depende do momento e também tem a questão de: o que é bom para um pode não ser bom para o outro.
    Então ler ou não é muito subjetivo... Mas, claro que tem coisas inaceitáveis como discurso de ódio ou preconceitos, mesmo que isso faça parte da história da humanidade.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Leyanne.
    Minha opinião é parecida com a da Ale. Eu acredito que tem a ver com o momento porque já me senti muito mal lendo livros com estupro e outras coisas e outras vezes já li e não aconteceu nada. Mas cada um é cada um e o que parece ser irrelevante para alguém pode ser o gatilho para o outro. Nessa pandemia mesmo estou evitando livros com dramas e que me façam chorar. E fugi por muito tempo de livros com Alzheimer porque perdi meu pai com a doença.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho me sentido na obrigação de terminar todas minhas leituras ultimamente, mesmo as que eu não estou gostando. Talvez eu preciso prestar mais atenção pq eu não estou gostando e até abandonar a obra mesmo.
    Obrigada pelo reflexão do post.

    https://apesardocaos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Livros que contém discursos de ódio eu passo. Isso me deixa mal (na real, me deixa irritada). xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  7. Ola,
    Muito importante sua postagem. A nossa mente almeja alguns tipos de proteções, apesar que empurro até onde consigo. E nunca cheguei a largar, sabe.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  8. Oiii Leyanne

    Acho que o momento diz muito, eu por exemplo ando numa fase que passo longe de thrillers, suspenses ou qualquer coisa mais dark, o climão já me deprime sabe, me deixa tensa e até nervosa, tudo isso certamente tb resultado da apreensão que estamos vivendo na nossa própria realidade. Eu sinceramente evito tb ler livros com certos gatilhos que já sei de antemão que me chocam, existem temas aliás que são romantizados por alguns autores e nesse caso então passo bem longe.
    Eu já li livros com cenas de sexo e com linguagem crua, mas se o conteúdo tb for excessivamente gráfico sabe, já percebi que tb me deixa de certa forma desconfortável e até me faz perder o interesse na leitura, por isso mesmo de uns tempos ando me mantendo firme na minha zona de conforto. Tem momentos em que a gente quer sair da caixinha de conforto, mas pra mim agora mesmo é um daqueles em que não, me sinto à vontade lendo o que sei que realmente vai me agradar.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir

Dicas de Fantasia

[Fantasia][stack]

3 motivos para ler

[3 motivos][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]