resenhas

[Resenhas][slideshow]

[RESENHA] Morte no Verão


Olá Leitores!

Páginas: 255 | Editora: Rocco | Autor: Benjamin Black | Ano: 2020 | Gênero: Ficção policial | Tradutor: Ryta Vinagre


Morte no Verão promete ser um suspense interessante se lermos a sinopse. Um magnata é encontrado morto e tudo indica que foi suicídio. O estranho dele morrer desse modo, é que ele não parecia alguém propenso a cometer suicídio. Há muito mais por trás da morte do homem e todos parecem suspeitos a primeira vista.

O livro é narrado por um legista chamado Quirke, porém no início isso não fica claro. Temos uma breve visão do inspetor Hacket, que ajudará Quirke a investigar tudo isso. Ambos já fizeram breves investigações conjuntas por fora antes. Eles optam por trabalharem juntos novamente ao perceberem que a morte do magnata pode não ter sido suicídio.

Todos aparentam ser suspeitos e temos uma pequena dificuldade para acompanhar os personagens pela falta de profundidade que o autor atribui a eles. Por ser um livro curto, e pela quantidade de personagens que há na obra, é previsível que não há um desenvolvimento extenso entre eles.

Conhecemos o poucos dos personagens de forma gradual porque isso pode influenciar notavelmente na resolução do caso. O livro não tem um ritmo frenético para nos apegarmos e ele segue em uma narrativa lenta.

Contudo apostei quem era o assassino desde o início e acertei em cheio. Não achei tão difícil adivinhar quem seria, e prestei bastante atenção desde o início nos personagens para tentar descobrir quem era. Entretanto não consegui acompanhar bem como os investigadores chegaram a certas conclusões e isso afetou um pouco minha compreensão com a história.

Para um livro que promete investigação, isso parece ofuscado por um tempo. Outras coisas entram em foco e por vezes as achei até mesmo irrelevantes para a conclusão da história. O livro se passa na década de 1950, após a Segunda Guerra Mundial e há pequenas indicações sobre a guerra, mas nada tão detalhado.

A obra possui diálogos realmente interessantes e ótimos para acompanhar, a investigação flui bem mais nessas trocas de diálogos ao invés das reflexões de Quirke como narrador. Somos um pouco influenciados pela percepção dele durante a narração e eu repito para que se atentem aos personagens para descobrir a chave de tudo.

Somos propositalmente direcionados a outras pistas, mas não fui enganada por isso e permaneci fiel a minha escolha sobre quem seria o culpado. O que me deixou inconformada, foi a maneira superficial do autor concluir tudo. A história gira em torno de descobrir a verdade sobre o suposto suicídio durante todo o livro, e no final isso parece ser irrelevante e tratado de maneira leviana.

Foi uma forma totalmente rasa de tratar o culpado e eu achei que merecia mais. O livro é uma ficção irlandesa, e uma obra nova para mim já que eu nunca havia lido nada da Irlanda. A descrição me fez comparar o cenário com a série Peaky Blinders, mas somente isso. É um livro rápido porém que me deixou pensativa sobre a conclusão.

ADQUIRA SEU EXEMPLAR NA AMAZON:

11 comentários:

  1. Oi, Leyanne como vai? Em geral livros desse gênero, que aliás eu adoro os finais são corridos mesmo. Este é um dos meus gêneros literários favoritos (o favorito para ser exato), contudo em 85% dos livros que eu já li tiveram o frustrante " final corrido" dando aquela sensação no leitor(a) de que faltou algo mais. Me parece um bom livro, como sou apreciador deste gênero pretendo lê-lo futuramente. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. acabo nao lendo mts suspenses, mas gostei mt de conhecer esse, parece mesmo aquela leitura que nos prende

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Oi! Eu amos este tipo de livro, mas este aqui parece não ser muito bem trabalhado em alguns aspectos. Ainda assim, gostaria de conferir.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Amo suspenses mas só pela sua resenha eu sei que passaria raiva com esse. Primeiro porque sempre acabo descobrindo os culpados antes do final, raramente erro e isso tira um pouco a emoção do final e segundo que narrativas lentas de mais e não muito bem trabalhadas me desanima um pouco, o que é uma pena. :c

    Abraço,
    Parágrafo Cult | @paragrafocult

    ResponderExcluir
  5. Gênero do suspense as vezes é bem ingrato, adorei a resenha
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho uma amiga que leu e achou interessante, mas esse lance de tratar o culpado de forma rasa me deixa com os dois pés atrás
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #SorteiodaAmizade no twitter; três livros, um ganhador

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Ultimamente tenho me interessado muito em livros desse gênero mas acho que não gostaria muito desse pela forma que o autor tratou a história
    Beijos
    https://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi, flor...

    Amo livros do gênero, não conhecia esse. Que pena que te deixou com essa sensação de 'faltou algo', suspense é maravilhoso, mas precisa cumprir a proposta, então te entendo bem ;)

    Beijinhos ♥
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Opa, tudo bem por aí?

    Primeiramente, a capa chamou a minha atenção logo de cara, pois a achei muito linda. Depois, quando vi que se tratava de uma obra de ficção policial, amei mais ainda haha. Depois que li a resenha me apaixonei, porém, é uma pena que eles tratam o culpado de forma rasa. Mas, ainda assim, acredito que eu possa me agradar. Valeu pela indicação!

    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  11. Valeu a experiência, por conhecer uma obra de um país diferente. Eu confesso que nunca tinha lido nada irlandês. Mas é ruim quando ele se torna previsível e lento... E parecia ser uma boa história... =/
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir

3 motivos para ler

[3 motivos][stack]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]