POR DENTRO DA ANÁLISE: Introdução

9 de agosto de 2019

Olá cinéfilos!


Vou começar uma série nova, que se trata do que eu procuro analisar quando faço uma resenha (livro, filme e série), e que se baseia um pouco na jornada do herói -ou monomito- de Joseph Campbell! Hoje, vamos falar sobre a introdução!


Introduções, servem basicamente para duas coisas: Ambientação e Assimilação. Sabe quando no começo do livro, temos muitas descrições dos Locais, das pessoas, do que faz parte universo em si?

Pois é, está e a parte da Ambientação! Esta pode ser feita imediatamente no primeiro capítulo, ou aos poucos, com mais capitulos, dependendo de como o livro necessita. Um exemplo ótimo é o livro: O nome do vento, que precisa explicar todo o universo em pouco mais de 40 páginas (mais ou menos uns 3 capítulos) antes de se tornar a história que
amamos!


A segunda parte de uma introdução é a Assimilação. E é relacionada com a empatia que o leitor sente com o personagem principal. Geralmente ele se dá mal de alguma forma como no livro O Mundo em Caos, onde Todd Hewitt é um jovem marginalizado pela sua idade. Não pode nem mesmo pensar em soltar palavrão que leva uma surra!

Quando ambas as partes estão ligeiramente estabelecidas, a introdução da lugar pra próxima parte do primeiro arco, O chamado do herói!

Você já sabia do papel da introdução? Conhece um pouquinho sobre a jornada do herói?

Deixa aqui nos comentários sua resposta!

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.