Psicose

2 de junho de 2019

Olá Leitores!

Páginas: 257 |Editora: Darkside Books |Autor: Robert Bloch |Ano: 2013

Norman Bates mora com sua mãe em uma rodovia pouco utilizada e dirige o Bates Motel. Ele tem cerca de 40 anos, é solteiro e vive com sua mãe. Ela o trata de maneira infantil e ele se enxerga da mesma maneira. Enquanto isso, chega no Motel em uma noite chuvosa, uma jovem chamada Mary Crane que é foragida e está sendo acusada de roubar muita grana de seu chefe.

É por puro acaso que ela acaba se deparando com o Bates Motel, mas a questão é que ela dialoga com Norman e se dá conta do quanto ele parece ser inofensivo e destratado pela mãe. Mary e Norman têm uma pequena discussão, mas é passageira. Não sei se é ou não correto contar o que acontece em seguida, a maioria das pessoas já assistiram o filme ou leram o livro, mas não vou dar spoilers.

Vemos uma perseguição pela procura de Mary, onde entra um investigador particular para apurar os fatos. O noivo de Mary e sua irmã também acabam se enredando nessa investigação, todos estão ávidos por notícias suas, mas sua última parada foi no motel de Bates. A partir daí não se tem mais notícias suas e quando questionado, Bates é bastante invasivo quanto à isso.
"Não somos tão lúcidos quanto fingimos ser."
É bastante notável e até óbvio que Norman possua algum segredo e algum  problema psicológico. Ele trata a mãe como um deus, e ninguém a vê, as pessoas que visitam o motel veem somente vislumbres da Mãe. Somente Norman dialoga com ela, e esses diálogos são sempre rebaixando ele. O livro não é um terror como os que vemos hoje em dia, mas sim um suspense psicológico.
"Eu acho que todos nós somos um  pouco loucos de vez em quando."
Sem dúvida eu concordo que seja um clássico do suspense e terror da década de 1960. A construção do personagem Norman é incrível, junto com o envolvimento do desequilíbrio psicológico dele. Em junção disso, também tem a investigação do paradeiro de Mary, o que faz do livro ainda mais completo. Talvez por eu já ter assistido o filme, não me surpreendi com o plot, mas sem dúvida ele é ótimo.

E a escrita é bastante simples, pensei que teria dificuldades em  ler por se tratar de um livro mais antigo, mas o devorei bem rápido. A edição em que li possui algumas cenas do filme e por isso, me deparei com várias cenas correspondentes à elas.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.