Rainha das Sombras

11 de maio de 2019


Páginas: 643 |Editora: Galera Record |Autor: Sarah J Maas |Ano: 2016

Olá Leitores!

Rainha das Sombras é o quarto volume da série Trono de Vidro. É um livro que marca muitas reviravoltas, planos, tramoias, e revelações. Aqui já iniciamos de modo diferente. A protagonista, que antes era chamada por Celaena Sardothien, agora assumiu sua verdadeira identidade e atende pelo nome de Aelin Ashryver Galanthynius mas  para alguns inimigos passa a ser conhecida como "rainha vadia e cuspidora de fogo". Essa foi uma mudança maravilhosamente bem estruturada.


"Ela era fogo e luz e cinzas e brasa. Era Aelin Coração de Fogo e não se curvaria para nada nem ninguém, exceto a coroa que era dela por direito, por sobrevivência e por triunfo."

No livro anterior vemos a construção de uma assassina para uma rainha, a quebra de sua antiga identidade e sua aceitação por si mesma e seu poder como portadora do fogo. Portanto, tendo passado por todo esse processo, Aelin volta à Forte da Fenda, lugar onde passou parte da sua vida como assassina. Lá ela vê o reino em terrível desespero. Os rebeldes são mais numerosos que antes, as mortes por rebeldia são ainda mais frequentes.

Personagens como Aedion, Rowan, Chaol, Manon, Lysandra, Elide, Lorcan e Abraxos, são mais desenvolvidos e na história fica cada vez mais evidente que o caminho deles irão se cruzar. São personagens formidáveis que participam ativamente da história e alguns para mim é impossível não se apegar. O livro ainda é narrado pelo ponto de vista de alguns deles e assim conhecemos mais sobre diversos pontos diferentes.
"Mas talvez os monstros precisassem cuidar uns dos outros de vez em quando."
Os vilões representados estão cada vez mais evidentes também. E o que antes era somente especulação sobre existir hordas de demônios de outro mundo sob o comando do rei de Adarlan, agora fica bastante sólido. Então como Aelin está no centro de tudo, ela precisa estar preparada.

É neste livro que vemos a mente aguçada de Aelin finalmente funcionar de forma linda! Essa mulher tem uns planos impressionantes. Adorei esse lado planejador dela. Sua astúcia só me fez gostar dela ainda mais, é cada plano, cada passo dado com um proposito ja em mente que eu reli alguns trechos somente para relembrar disso tudo. Aelin e Rowan, que se conheceram no livro anterior e que supostamente sentem algo um pelo outro, tem esse romance desenrolado em Rainha das Sombras.

"Aelin era uma nuvem rodopiante de morte, uma rainha das sombras."
Não é nada como um romance desesperador, mas algo construído aos poucos pelos dois na medida certa. Acontece tantas coisas, inúmeras desgraças e felicidades no livro, que é impossível se ater somente a um ponto. O livro mostrou um crescimento incrível desses personagens, da história, do vilão e por um lado também mostrou um lado sombrio disso tudo.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.