Gaian: O Reinício

23 de maio de 2019

Olá leitores!


Páginas: 335 |Editora: Novo Século |Autor: Cláudio Almeida |Ano: 2015

Gaian é uma fantasia nacional que conheci a pouco tempo e adorei ler! Adentrei em um mundo totalmente novo, porém não foi estranho. Gaian é o nome do mundo representado aqui, que é dividido em vários reinos. O livro foca no reino do Norte, o qual está sendo assolado por uma guerra. No prólogo vemos uma guerra sendo travada e já temos uma ideia inicial do que podemos esperar.

Esse é um assunto bastante abordado em livros de fantasia. Guerras, heróis, vilões. E sinceramente não me canso de livros assim. Gaian me lembrou muito O Senhor dos Anéis pela forma da escrita. E a forma de desenvolvimento da história me lembrou bastante A Roda do Tempo. São histórias que adoro. Gaian também é cheio de magia, esse foi um dos tópicos que mais adorei.

De início não vi um personagem principal, e na medida em que fui lendo conheci Arffek, Brisrar, Heim, Ulthigar. Como em quase toda fantasia épica, existem profecias e aqui não foi diferente. Esses quatro personagens fazem parte de uma profecia em que são guerreiros sagrados destinados a acabar com a grande guerra que Gaian está sujeita. Eles possuem o dom da magia e são incrivelmente desenvolvidos.

Entre todos os acontecimentos, está inserido cenas de batalha entre os cavaleiros sagrados e os inimigos. E eu me surpreendi com a história. Gostei de como o autor fez os fatos serem desenrolados e a preparação dos personagens para a guerra. A história de cada um me tocou bastante, principalmente de Arffek e Brisrar.

O livro claramente terá uma continuação, mas até aí terei que me conformar com o final deste. Tenho que falar da edição que fiquei apaixonada. No início de cada capítulo, ele possui imagens referentes a história. O livro tem direito a um mapa e um glossário que achei rico em detalhes e que de vez em quando consultava em busca de algumas respostas.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.