resenhas

[Resenhas][slideshow]

Lançamentos literários | dezembro 2021


Olá, leitores!

Este é um post com os últimos lançamentos do ano que me chamaram atenção. Não são tantos livros, mas mesmo assim quis destacar alguns. Os livros variam, sendo alguns deles bem pesados. Espero que gostem dos que selecionei e me digam qual está mais ansioso para conhecer:


DEUSES AMERICANOS: AINSEL, EU MESMO

  • Editora: Intrínseca
  • Páginas: 232
  • Gênero: HQ, Fantasia
  • Lançamento: 01/12/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI

Sinopse:

Um dos escritores mais aclamados da literatura contemporânea, Neil Gaiman construiu em Deuses americanos — romance que em 2016 ganhou uma edição especial publicada pela Intrínseca — uma amálgama de referências e estilos, unindo mitologia, fantasia e mistério em uma obra-prima que conquistou leitores em todo o mundo. Com uma trama que suscita imagens ao mesmo tempo poéticas e poderosas, o clássico de Gaiman deu origem a uma bem-sucedida trilogia em quadrinhos, capitaneada pelas cores e as artes vibrantes de P. Craig Russell e Scott Hampton.

Em Ainsel, eu mesmo, segundo volume da adaptação, Shadow e Wednesday continuam sua jornada misteriosa pelas entranhas dos Estados Unidos, em busca de aliados para uma guerra que ninguém viu, mas que já começou — uma guerra pelo poder de não ser esquecido num mundo em que memória, fé e devoção são tão instáveis quanto os deuses que as inspiram.

Com um novo nome e instalado em uma cidadezinha gelada, Shadow Moon agora é Mike Ainsel e torce para que sua nova identidade o mantenha a salvo. Porém, mensagens sombrias o alcançam em sonhos, sugerindo que seu destino continua interligado aos deuses e à disputa cada vez mais fatal travada por eles.

Com esboços da arte e dos layouts originais, além de capas de artistas conceituados, Ainsel, eu mesmo é um exemplo máximo da narrativa lúdica e ao mesmo tempo visceral de Neil Gaiman, que, ao falar sobre deuses, fala sobre todos nós.


A LOJA DOS SONHOS

  • Editora: Intrínseca
  • Páginas: 416
  • Gênero: Romance
  • Lançamento: 02/12/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI

Sinopse:

Athene Forster abraçou a década de 1960 como poucos. Uma das jovens mais glamourosas de sua geração, era uma garota mimada e sem controle. Quando ela concorda em se casar, seus pais enfim respiram aliviados. Dois anos depois do casamento, contudo, os boatos de uma traição começaram a circular.

Trinta e cinco anos depois, Suzanna Peacock percebe que ainda tem dificuldades para se desvencilhar das famigeradas histórias da mãe. Ao retornar a Dere Hampton, sua cidade natal, o único lugar onde encontra paz é em sua loja: uma mistura de cafeteria e brechó que vende de tudo um pouco, desde bijuterias de segunda mão a um expresso decente. Lá ela faz amigos de verdade pela primeira vez, entre eles Jessie, uma jovem curiosa e muito criativa, e Alejandro, um argentino solitário que trabalha no hospital local e compartilha com Suzanna o gosto por um bom café e um histórico familiar complicado.

Mas, apesar dos esforços de Suzanna, o fantasma de Athene ainda a persegue. E só ao enfrentar tanto a família quanto seus medos ela será capaz de se reconciliar com o passado e encontrar a chave para sua própria história.



OS DIÁRIOS DE VIRGINIA WOOLF: UMA SELEÇÃO [1897 - 1941]


  • Editora: Rocco
  • Páginas: 432
  • Gênero: Biografia
  • Lançamento: 10/12/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI

Sinopse:
Expoente do Modernismo e uma das autoras de maior impacto na literatura até hoje, Virginia Woolf é uma das raras figuras históricas que demonstrou, desde a juventude, um apuro estético incomum nos seus escritos. Além dos registros cotidianos, utilizava seus diários como um espaço em que o público e o privado, o poético e o prosaico, o sublime e o humano se misturam. Nascida em 1882 na Inglaterra, autora de clássicos como Mrs. Dalloway, Orlando: uma biografia e Um teto todo seu, ela transitava com igual brilhantismo por romances, contos e ensaios. Mais do que isso, sua sensibilidade sobre questões de gênero, políticas e sociais na Inglaterra, transpassadas pela tensão da claustrofobia durante os bombardeios da Primeira Guerra e pela presença crescente do nazismo, aproxima a leitura à vivência contemporânea de forma quase profética. Costurando referências a acontecimentos históricos, a personagens célebres da intelectualidade e aos seus próprios demônios, os diários de Woolf demonstram uma personalidade única e precursora. Esta seleção, traduzida pela escritora Angélica Freitas e organizada por Flora Süssekind, vai desde a adolescência até a morte de Virginia, em 1941. Um marco inédito e uma janela à interioridade de uma mulher ímpar e ao seu talento pioneiro, cujo legado permanece vivo e cada vez mais atual.

PORCO DE RAÇA



  • Editora: DarksideBooks
  • Páginas: 192
  • Gênero: Ficção, horror
  • Lançamento: 01/12/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI

Sinopse:

Uma voz intensa, original e repleta de potência encontrou a casa certa para gritar. Chegou a hora de conhecer Porco de Raça, o lançamento sangrento de Bruno Ribeiro, ganhador na categoria Romance/Conto da primeira edição do Prêmio Machado DarkSide ― projeto abraçado pelos criadores brasileiros, com mais de 5 mil projetos inscritos.

Uma distopia humana visceral e repleta de horror, Porco de Raça coloca o dedo na ferida e entrega uma narrativa transgressora que distorce e expande gêneros, unindo entretenimento a uma dura crítica social. O novo lançamento da DarkSide® Books vai deixar todos nós prontos para entrar na briga.

No enredo, acompanhamos um professor negro, falido, preso a uma cadeia de acontecimentos inescapáveis que acabam por levar a uma jornada rumo a própria degradação física e psicológica. Um personagem kafkiano, com suas motivações, conflitos e traumas, vivendo em um país em transe. Ao ser capturado e confinado, ele se vê obrigado a fazer parte de um ringue de lutadores formado por párias sociais, lutando com uma máscara de porco para deleite de espectadores da alta sociedade. Como define o autor, o romance é “um Esaú e Jacó da deep web”, em referência ao clássico de Machado de Assis em que irmãos com ideologias diferentes e visões de mundo contrárias encontram-se em eterno conflito.


BTK: MEU PAI


  • Editora: DarksideBooks
  • Páginas: 384
  • Gênero: Crimes reais, biografia
  • Lançamento: 02/12/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI

Sinopse:

Uma família como muitas outras, repleta de irmãos, tios, tias, avôs e avós. Uma infância emoldurada por brincadeiras, acampamentos, pescarias, almoços, aniversários e comemorações felizes e inesquecíveis. Mas tudo muda em um dia quando Kerri Rawson, uma jovem professora de ensino fundamental, recebe a visita de um homem de terno que se apresenta como “agente do FBI” e descobre que uma das pessoas que mais ama em sua vida é também um dos mais cruéis serial killers da história.

Vamos mergulhar juntos em um relato de vida assustador, conduzidos pela própria filha de um homem que foi capaz de esconder de todos quem ele era. Kerri Rawson compartilha todos os detalhes de sua chocante descoberta e a verdadeira dor em admitir que ela não era mais a filhinha de Dennis Rader e, sim, a filha do sádico assassino em série BTK.

BTK: Meu Pai, de Kerri Rawson, é o corajoso livro de memórias da mulher que precisa carregar para sempre a alcunha de “a filha do BTK”. Nesta obra, a autora encara com bravura o trauma, a desolação e a tristeza de amar de forma profunda e incondicional um homem brutal, sádico e maligno.

Para a autora, a discrepância é inaceitável entre o pai que a levava para pescar e para caminhadas no Grand Canyon e o assassino torturador que vitimou tantas mulheres conhecido como BTK, um acrônimo em inglês para Bond (amarra), Torture (tortura) e Kill (mata). Segredos, carinhos e memórias podem ser manchados pelo sangue dos atos horrendos de seu pai? O leitor vai tirar suas próprias conclusões ao acompanhar as dúvidas, as angústias, a revolta e a redescoberta da esperança de Kerri, em um texto honesto e impactante.


VANTAGENS QUE ENCONTREI NA MORTE DO MEU PAI


  • Editora: DarksideBooks
  • Páginas: 224
  • Gênero: Ficção, Horror
  • Lançamento: 01/12/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI

Sinopse:

Fatos, desejos e delírios... é  impossível, por vezes, distingui-los nas histórias que criamos sobre nós mesmos. O quanto dessa história ― vivida, desejada, inventada ― que contamos é confiável? Vantagens que Encontrei na Morte do meu Pai, novo romance de Paula Febbe, escancara diante do leitor a mente de uma mulher após o choque da perda do pai. Alimentada por uma dor profunda, Débora, a narradora do romance, acaba por nutrir e perpetuar os abusos cotidianos sofridos.

Desamparo paterno, traumas e hiatos. Cortes e máculas que os homens imprimem quando invisibilizam a existência feminina. Se um pai já se foi, como essa cicatriz pode estar tão presente? Será mesmo o fim da história? Onde mora esse luto que não aconteceu como deveria ter sido? Onde reside o alívio que nunca a abraçou?

Débora trabalha como enfermeira, mas os pacientes que passam pelos seus cuidados estão destinados a permanecer bem longe da cura desejada. Como curar o outro quando o maior desejo não é a cura? “A verdade é que certas doenças trazem a paciência que algumas pessoas sempre deveriam ter tido”, pensa Débora cada vez que a porta se abre trazendo um novo rosto.

A mentira vive quando a verdade parece insuportável. Os abusos provocam distorções e cuidar também pode significar matar. Mata-se a dor, o abuso, e o desejo, mata-se a vida ainda não concebida e a possibilidade de vermos tudo por um outro ângulo. Mata-se a saudade de um pai que nunca esteve lá, a saudade de um pai que nunca existiu.

Na narrativa de Vantagens que Encontrei na Morte do meu Pai surge nosso espelho, nossa face mais perversa. Com uma voz única, repleta de verdade e experiente ― ela também é roteirista premiada e colaborou com diretores como Fernando Sanches e Heitor Dhalia ―, Paula Febbe, produz uma literatura cruel e ao mesmo tempo necessária, pois todos somos as marcas, os delírios e os desejos mais perversos de nossos pais.


INVENTÁRIO DE PREDADORES DOMÉSTICOS


  • Editora: DarksideBooks
  • Páginas: 240
  • Gênero: Ficção, Horror
  • Lançamento: 01/12/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI

Sinopse:

O que caracteriza o predador? Seu apetite? Sua selvageria? Sua objetividade?

Ao mergulhar no universo de Verena Cavalcante, é justo dizer que um matador, sobretudo um assassino doméstico, também age com extrema discrição. Assim como um louva-a-deus reconhece o momento exato de se fartar com suas vítimas (ou seu parceiro), um ser humano dedicado também escolhe a hora certa de observar e cortejar: a hora certa de agir.

As criaturas de um bestiário compilado pela autora nos guiam como cicerones pela história, nos conduzem a vários desses lugares sombrios, nos ofendem, oferecem detalhes de uma infância dolorosa que muitos preferem ― compreensivelmente ― esquecer. Sentimos na pele a temperatura da noite mais solitária da floresta e dos dias mais quentes do verão.

Neste Inventário de Predadores Domésticos, entre histórias novas e revisitadas, Verena Cavalcante não nos poupa da violência e da animosidade que habitam nossas selvas urbanas. Embora boa parte do livro se passe em cidades interioranas, o horror que nos é apresentado assume uma forma muito mais abrangente, algo que o leitor vai reconhecer e rememorar de suas memórias de infância.

Os primeiros anos de nossa existência são realmente marcantes no trabalho da autora, mas ela não se esquece que todo predador também evolui, se torna mais hábil, mais competente. Em cada conto, ela também coloca o leitor frente a frente com seus demônios adultos e suas transgressões, mas se dedica sobretudo àquele momento de transição para a vida plena, a adolescência que ― como ovos de besouros jogados ao relento ― acaba por gerar um novo ser à luz da lua.


MORTO NÃO FALA E OUTROS SEGREDOS DE NECROTÉRIO


  • Editora: DarksideBooks
  • Páginas: 272
  • Gênero: Ficção, Horror
  • Lançamento: 01/12/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI

Sinopse:

Jornalista e cronista policial, Marco de Castro tem uma longa experiência cobrindo crimes para jornais e portais na maior cidade do país. Ele conhece a noite cruel de uma metrópole como poucos e mantém um trânsito constante entre os becos da cidade, onde histórias começam e são resolvidas em silêncio, e o IML. Esta mesma visceralidade transparece em sua ficção. Cronista disfarçado de contista, Castro transpõe para a literatura as mazelas e questionamentos da cidade, onde a crueza, a maldade, o racismo e as demais manifestações do grotesco ganham o olhar deste atento observador. Para entrar em seu universo, é preciso estar preparado ― ou ter um impulso irrefreável pela dor e pelo sofrimento.

Nossa viagem pelo tenebroso universo construído pelo autor começa em companhia de Jucélia, mulher negra, estudante de medicina. Acima de tudo, uma batalhadora. Como muitos estudantes selecionados por um programa de cotas, Jucélia não é unanimidade afetiva em sua turma, sobretudo para os integrantes mais privilegiados ― e brancos ― da faculdade, que fazem questão de demonstrar o quanto a desprezam. Não bastasse a necessidade de confrontar essa animosidade gratuita durante as aulas, Jucélia enfrenta dilemas parecidos ao atravessar os portões da faculdade, nas ruas, muitas vezes em seu próprio círculo mais íntimo. Sobrevivente de uma história de racismo que grande parte do Brasil ainda nega existir, Jucélia se fortalece com o que tem de melhor: a esperança de dias melhores.

Em uma noite de estudos práticos na sala de necrópsia, ela acaba tendo um encontro solitário com um velho conhecido dos estudantes. Val é um cadáver, tem a cor de um pedaço de carne que saiu do forno e está morto há muitos anos. Mas com Jucélia, ele se sente seguro para contar tudo.


HEIDNIK PROFILE: CORDEIRO ASSASSINO


  • Editora: DarksideBooks
  • Páginas: 240
  • Gênero: Ficção, Horror
  • Lançamento: 01/12/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI

Sinopse:

Heidnik Profile: Cordeiro Assassino, de Ken Englade, traz a história real do bispo Gary Michael Heidnik e de seus violentos crimes. Até onde pode ir o egoísmo e o desejo de controle de uma pessoa? O que alguém é capaz de fazer para saciar seus mais obscuros desejos?

O militar aposentado Gary Heidnik fundou a seita Igreja Unida dos Ministros de Deus. Para muitos, seria apenas uma malandragem para driblar impostos e arrecadar dinheiro com a fé alheia; para outros, parte essencial de seus delírios psicóticos. Heidnik queria, mais do que tudo, ter muitos filhos e construir uma família de adoradores com seu próprio sangue. Depois de alguns anos no Exército, outros em instituições psiquiátricas, investimentos em ações e muitos fracassos nas relações pessoais, Heidnik cede ao seu narcisismo sórdido e bola um plano: sequestrar várias mulheres, prendê-las no porão e violentá-las para dar origem a sua tão desejada família.

Esse ato de violência extrema se concretizou com o sequestro de seis mulheres, e resultou em torturas, abuso sexual e morte de duas das vítimas. Com uma prosa seca e afiada, Ken Englade traça de forma minuciosa e documental os principais movimentos dos crimes e traz um relato direto do processo e do dia a dia do tribunal durante todo o julgamento de Heidnik. Assim, o leitor acompanha as entrelinhas do próprio sistema penal norte-americano.

A ressonância do horror chegou também à ficção: Gary Heidnik e seus atos hediondos são uma das inspirações para o vilão James “Buffalo Bill” Gumb, em O Silêncio dos Inocentes, de Thomas Harris, em conhecida adaptação cinematográfica com direção de Jonathan Demme e atuações de destaque de Anthony Hopkins e Jodie Foster.

Por um lado, Heidnik foi um sacerdote, um pastor cristão, que conduzia suas ovelhas não para os pastos do Senhor, mas para o abatedouro de seu porão diabólico. Por outro, ele é o próprio cordeiro dado em sacrifício a uma sociedade faminta em condenar, mas incapaz de reavaliar seus estranhos valores.


__
E você, está ansioso para algum lançamento em dezembro? Qual?



    9 comentários:

    1. Oi Leyanne, tudo bem?
      Uau! Que lançamentos fortes, impactantes. O que mais chamou minha atenção foi BTK: Meu Pai. Adoro histórias de serial killers/em torno deles.
      Beijos,

      Priih
      Infinitas Vidas

      ResponderExcluir
    2. Olá,
      ah, que tudo esse lançamento da Paula! Eu acho que tenho a primeira versão dele no Kindle. E amei a capa dessa edição.
      As outras capas da DS estão ótimas tb haha

      até mais,
      Canto Cultzíneo

      ResponderExcluir
    3. Oii, gostei dos lançamentos desse mês.todos tem seu potencial e até difícil de escolher rs.
      Beijos
      https://deliriosdeumaliteraria.blogspot.com/?m=1

      ResponderExcluir
    4. Thanks for sharing such a great idea! Looking forward for the next post.

      Diana >> https://www.ferbena.com

      ResponderExcluir
    5. Oi Ley,
      Sem exceções, eu gostei de todos os livros que serão lançados e você colocou nesse post! A Darkside tá colocando muito livro no mercado, uma pena que meu bolso não comporta todos os lançamentos, haha.
      Eu já assisti um documentário sobre o Dennis Rader, mas ainda não conhecia o Gary Heidnik.
      Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

      ResponderExcluir
    6. Olá, Leyanne.
      Dezembro não é um mês muito forte em lançamentos, pelo menos não para meu gosto hehe. Dos que você citou eu não me interessei por nenhum. Apesar das capas estarem show.

      Prefácio

      ResponderExcluir
    7. Olá Leyanne, eu não estava sabendo desses livros ainda. Mas já fiquei interessada em alguns, como Porco de raça e A loja de sonhos.
      Bjks!

      Mundinho da Hanna
      Pinterest | Instagram | Skoob

      ResponderExcluir
    8. Só lançamento incrível! Me chamou muito a atenção o enredo do livro "Porco de Raça".

      ResponderExcluir

    Dicas de Fantasia

    [Fantasia][stack]

    3 motivos para ler

    [3 motivos][grids]

    dicas para blogs literários

    [Dicas para bookstagram][btop]

    lidos do mês

    [lidos do mês][grids]