resenhas

[Resenhas][slideshow]

[RESENHA] Os dois morrem no final


Olá, leitores!


Páginas: 416 | Autores: Adam Silveira | Editora: Intrínseca | Ano: 2021 | Gênero: Young Adult | Tradução: Vitor Martins | Classificação indicativa: +14


Quando alguém compartilha a própria jornada, assim, para todo mundo ver, você presta atenção — mesmo sabendo que eles vão morrer no final.


Quando esse livro chegou, fiquei bem em dúvida se embarcaria na leitura com tudo justamente por conta do título que parecia prever qual seria o final da obra, e como eu estava com uma leve ressaca literária, me fez perguntar se era o momento exato para ler um livro que provavelmente mexeria comigo.


Imagina só, receber uma ligação da Central da Morte te informando que irá morrer em menos de 24 horas? É isso o que acontece com os protagonistas, Rufus e Mateo. Eles não são amigos, na verdade nem ao menos se conheciam. A única coisa que os dois têm em comum é que irão morrer. Mais triste do que saber que estão prestes a morrer, é que ambos estão sozinhos nesse último dia e é através de um aplicativo chamado de Último Amigo, que decidem correr atrás do tempo perdido nesse dia final.



Mesmo o final já tendo sido entregue no título, o que para algumas pessoas pode causar uma certa desconfiança ou ser visto como um grande spoiler, a leitura é maravilhosa até a última página. Nós já começamos a leitura sabendo do final, o que nos faz perceber que o que importa não é a conclusão de tudo e sim a jornada até ali. Os dois morrem no final é uma obra reflexiva e existencialista, repleta de questionamentos, melancólica e delicada ao mesmo tempo em que é divertida e fluída de se ler.


Não sei como fazer isso. Ninguém nunca ensina para você como preparar os outros para a sua morte, ainda mais quando se tem dezessete anos e é saudável. Todos nós já passamos por muitos momentos sérios, e quero fazê-los rir.


A morte em si não é o foco da obra e sim como a vida é vivida. Você, como leitor, se vicia na obra, nos personagens e em como as suas vidas estão interligadas. Rufus e Mateo são completamente diferentes entre si, tendo problemas e vidas distintas, o que os une é a ligação que muda suas realidades de uma hora para a outra. Os dois têm seus próprios problemas e arrependimentos que carregam consigo e nesse último dia, o que desejam é viver o que não viveram, recuperar todo o tempo que perderam e junto disso, ainda têm que lidar com o luto por si mesmos.


Nós nunca agimos. Apenas reagimos quando percebemos que o tempo está acabando.


Não é uma obra para chorar e ficar triste com o final e sim para imaginar as possibilidades. A premissa é simples e genial, aliada aos personagens reais e a narrativa super fluída que é muito mais profunda do que aparenta ser, afinal, nunca sabemos quando será o nosso último dia por aqui ou o último dia de alguém que amamos muito, principalmente porque muitas vezes a saudade é forte e as lembranças não parecem ser o bastante, também não queremos partir com uma bagagem de arrependimentos, então devemos aproveitar o tempo que nos é dado da melhor maneira possível.



ADQUIRA SEU EXEMPLAR NA AMAZON:

7 comentários:

  1. Oi, Leyanne! Tudo bom?
    Eu tô muito muito curiosa pra ler essa história. A premissa parece tudo, e é o tipo de drama que eu adoro porque sofrer um pouco com personagens é sempre ótimo :v
    Tô só aguardando uma promoção!

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oii, nossa, fiquei com muita vontade de ler esse livro através da sua resenha.
    Bjs
    https://deliriosdeumaliteraria.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Fiquei muito curiosa, sabe-se lá o motivo mas adoro histórias que envolvem morte - ou ela sendo meio que um personagem, como soa aqui. Acho que sempre rende ótimas lições.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  4. No primeiro olhar, parece meio mórbida a ideia da narrativa. Mas com certeza, saber o final, só torna a compreensão da narrativa, mais profunda.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi
    muitos divulgando esse livro e elogiando, tenho curiosidade, mas o título me deixa um pouco receosa, por saber que isso vai realmente acontecer. Que bom que gostou da leitura.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Eu achei sensacional já entregar o final do livro no título, haha. No começo, pensei também que seria um belo de um spoiler, mas ao ler sua resenha, foi me dando mais vontade de saber sobre a jornada dos personagens, até morrerem no final. Gostei bastante da dica e quero ler esse livro.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  7. Oi Ley.
    Amei a capa do livro e a história em si parece muito atrativa. Gostei de saber que o foco não é a morte, mas sim a jornada dos personagens. E amo quando os finais me deixam reflexiva.
    Suas fotos estão lindas chega me bateu saudade do meu insta literario.
    Beijo

    Blog|Te Conto Poeisa

    ResponderExcluir

Dicas de Fantasia

[Fantasia][stack]

3 motivos para ler

[3 motivos][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]