resenhas

[Resenhas][slideshow]

[RESENHA] Rastro de Sangue: Jack, o Estripador [livro #1]


Olá, leitores!

Páginas: 352 | Autora: Kerri Maniscalco | Editora: DarksideBooks | Ano: 2017 | Gênero: Mistério, Ficção histórica | Tradução: Ana Death Duarte | Classificação indicativa: +14

Jack, o Estripador: Rastro de Sangue é o primeiro volume de uma série de livros de ficção histórica com mistério, mesclando temas e acontecimentos reais da era vitoriana. O livro inicia-se em 1888, é narrado em primeira pessoa pela protagonista Audrey Rose, que tem o desejo de estudar medicina forense mesmo que seu pai, e até a sociedade, digam que não.

Audrey Rose estuda com seu tio, que é um médico forense conhecido e tem outro aluno ávido: Thomas Cresswell. Alguns assassinatos começam a acontecer logo após o início da história, dando indícios de um mistério envolvente por vir. Audrey logo é compelida a investigar, já que as ocorrências acontecem com mulheres, e seu tio mantém contato direto com a investigação oficial.

A perspectiva do mistério torna a história bem mais curiosa, e um dos pontos mais marcantes do livro é a ambientação. Por mais que o livro seja narrado em primeira pessoa, Audrey mantêm as descrições bem fiéis, com sentimentos e falas comuns da era vitoriana. A leitura lembra muito a narrativa de Sherlock Holmes, que seria como se, da mesma forma como Watson narra as aventuras de Sherlock, Audrey Rose também conta sua perspectiva junto com Thomas Cresswell, um personagem com aspectos semelhantes ao de Sherlock.

Eu era uma jovem garota crescendo em um mundo regido por velhos homens. Eu escolheria minhas batalhas com sabedoria.

Conforme a investigação toma forma, fica mais visível com qual assassino os personagens estão lidando. É uma obra que segue com elementos bem fiéis aos dos acontecimentos envolvendo o Jack, Estripador. A forma como a autora mesclou o real e a ficção é bem interessante, e fica para o leitor o poder de imaginar como finalmente as coisas tomaram forma, assim como o desfecho do caso.

Esse primeiro volume não é bem como eu imaginava, apesar de trazer tópicos bem interessantes discutidos. Minha primeira dificuldade foi com o avanço da leitura, que se tornou mais lenta pela narrativa um tanto floreada e densa. As descrições por sua vez possuem pontos fiéis e que podem fazer o leitor ter um pouco de dificuldade para não se perder na história.


A maioria das pessoas ignora o que está bem diante dos seus olhos. Elas acreditam no que veem, mas com frequência, enxergam apenas aquilo que querem ver.

Quanto à investigação, Audrey começa a ser bem presente quanto ao andamento de todo o mistério, portanto ela fica bem ciente dos acontecimentos. Como ela, o leitor também consegue imaginar quem seria o assassino, assim como idealizar o motivo de suas ações. Para mim, achei que algumas ações dos personagens, até mesmo do serial killer, girassem perto demais da vida de Audrey Rose, portanto, foi fácil descobrir quem era o culpado, mesmo que ainda surgissem dúvidas.

Para eventos tão macabros e tão perto do centro da narrativa, também imaginei que a protagonista iria enxergar com clareza alguns pontos, mas não foi isso que aconteceu. Na verdade, a história gira em uma espiral de sentimentos da protagonista pelo seu colega Thomas, problemas familiares, e luta por estudar aquilo que realmente gosta. O livro tem diversos pontos importantes, e o arco da história acontece depois de deixar o leitor tenso devido aos acontecimentos.

A tensão também ocorre pelas interações entre Audrey Rose e Thomas Cresswell. Os dois passam a interagir mais pelos estudos e investigação, e surge uma certa implicância mais zombeteira entre eles. Thomas é um rapaz provocativo, com ótimos traços de deduções, e é incrível como fica fácil gostar dele. Audrey reluta em admitir alguns sentimentos sobre ele, e os diálogos dos dois deixa a história com um toque de um possível romance iminente.

Não havia nenhum Jack, o Estripador, nem ataque à meia-noite. Só havia eu e Thomas, aterrorizados com a possibilidade de perdermos  um ao outro.

Essa foi minha segunda experiência com a história, que acabei relendo para lembrar de acontecimentos que já tinha esquecido completamente, e agora acho que realmente consegui perceber pontos que foram imperceptíveis para mim na primeira leitura. A ambientação e os personagens foram o que mais se destacaram para mim, me fazendo querer correr para o próximo livro assim que finalizasse esse.

O desfecho do caso de Jack, o Estripador ocorre aqui mesmo, dando a entender que cada livro possui um mistério e investigações distintas, porém protagonizados pelos mesmos personagens. O final deste livro é o gancho perfeito para seguir com a leitura do próximo.

A leitura, por fim, acabou despertando mais vontade de continuar lendo, embora esse não tenha sido meu volume preferido. As questões sobre sociedade e os direitos das mulheres são discutidas inúmeras vezes durante a leitura, o que dá um aperto no coração pela realidade que já existiu, assim como nos faz torcer para a protagonista se manter forte. Audrey é um exemplo de persistência, que nos traz dúvidas e questionamentos relevantes, e tem um desenvolvimento ótimo.


ADQUIRA SEU EXEMPLAR NA AMAZON:

18 comentários:

  1. Oi, Leyanne! Tudo bom?
    A Bibs amou esse livro e eu fui com muitas expectativas pra ele, mas pra mim acabou sendo bem mediano também. Gostei da Audrey Rose, mas ela era muito tapada pra quem se dizia tão esperta. E o ship acabou não me conquistando tanto também. Acho que o mais legal foi o ambientação mesmo, mas não me conquistou a ponto de continuar a série não.

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Leyanne, eu gosto mais desse volume do que do segundo rsrsrsr eu amei a ambientação gótica! mas tomara que vc curta os demais.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi, Leyanne. Como vai? Que pena que a leitura tenha sido apenas mediana para você, embora você tsnha gostado dela. Abraço!


    http://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro.
    Gostei da sinopse, é bem o gênero que eu curto ler.
    bjs www.diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  5. Parece uma narrativa legal, mas não sou muito fã de quando a história se demora, ou fica em espiral, sem resolução... Acho a série bem instigante e tenho vontade de ler :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. ´fiquei mega curiosa com os livros eu não conheço
    http://retromaggie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Conheço o livro e ele está na minha lista de futuras compras, é um gênero que gosto bastante de ler ;)
    Parabéns pela resenha, ficou maravilhosa
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa | Instagram | Facebook | Twitter

    ResponderExcluir
  8. Oi
    esse livro está na minha lista de desejado, bom saber que a história parece ser um pouco arrastada, legal que releu a história e que percebeu mais coisas, quem sabe você goste mais dos proximos.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi oi querida,
    Eu até comecei a ler esse livro por causa de uma amiga que amou ele, mas acabei abandonando. Mesmo com a sua resenha perfeita e muito bem escrita, é um enredo que não me chama a atenção.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  10. Olá...
    é uma pena que não tenha sido o favorito pra você, mas, ao longo de sua resenha fiquei bastante curiosa sobre essa investigação.
    Esse livro já está na lista de desejados e espero poder ler em breve :)
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá, Leyanne.
    Eu achei ele bem mediano também. Acho que as expectativas falaram mais alto e infelizmente a leitura não correspondeu. E o segundo gostei menos ainda hehe. A Audrey não chega nem perto do que vendem sobre ela. Por isso nem dei continuidade na série. Mas acho as capas maravilhosas.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Oi, Leyanne!
    Fiquei bem curiosa com esses livros assim que foram lançados, mas nunca li.
    Pena que foi um pouco arrastado e não o seu preferido da série, mas fiquei com vontade de ler mesmo assim.
    O tema é bacana e gosto quando misturam ficção e realidade.
    Fora que as capas são lindas, né?

    Beijoooos

    Teca Machado
    Casos, Acasos e Livros

    ResponderExcluir
  13. Assumo que vi esse livro em uma feira e não me liguei muito nele, vendo sua resenha acredito que também não amaria, mas parece ser bacana para quem curte.

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
  14. Fiquei com vontade de ler pois gosto desse tipo de leitura.

    Beijos/Kisses.



    Anete Oliveira

    Blog Coisitas e Coisinhas

    Fanpage

    Instagram

    ResponderExcluir
  15. Oi Leyanne,

    As capas desses livros são lindas.
    Eu coloquei esse primeiro livro na lista de leitura, mas desde que lançou nem peguei para ler.
    Apesar de algumas ressalvas, a história realmente chama atenção.
    Quem sabe até o fim do ano eu não leio ele rs.

    Bjs
    https://diariodoslivrosblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. oi tudo bem?
    Ainda não li. Achei que você fez comentários importantes, eu acho que mais detalhes me ajudariam a entender e visualizar melhor as cenas, ao mesmo tempo que me faz ler um pouco mais devagar e isso porque já sou lenta mesmo lendo. Pelo que percebi são vários temas tratados na história. Interessante!

    beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi Leyanne, tudo bem?
    Já quis ler esse livro mas acabei tirando da fila, nem lembro o motivo. Mas acho a premissa bem legal e achei criativo envolver Jack, o Estripador na trama.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  18. Eu tinha esse livro aqui na estante, mas ele não era meu e acabei devolvendo sem ler. E agora, olhando pela sua resenha, talvez e não fosse curtir a leitura, pelos mesmos motivos que você. Agora é torcer para que os próximos volumes te sejam satisfatórios.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir

Dicas de Fantasia

[Fantasia][stack]

3 motivos para ler

[3 motivos][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]