resenhas

[Resenhas][slideshow]

Lançamentos literários | Maio 2021


Olá, leitores!

Mesmo que eu não consiga acompanhar todos os lançamentos incríveis que estão chegando, gosto de ficar de olho porque sempre tem alguns que me interessam imediatamente. Resolvi começar a trazer os lançamentos que mais aguardo por aqui também e já deixar registrado quando eles estão por vir. O post de hoje será trazendo os lançamentos do mês de maio, portanto espero que, assim como eu, estejam animados para alguns deles:

COISO


  • Editora: Intrínseca
  • Páginas: 272
  • Gênero: Infantil
  • Lançamento: 25/05/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI.

Sinopse: Aos nove anos, Dora Dócil é uma criança difícil. Seu quarto já está abarrotado com tudo que alguém poderia desejar, mas nada é suficiente. Ela quer sempre mais, mais e mais! Até que um dia, sem saber o que pedir aos pais, a menina anuncia que quer um COISO. O sr. e a sra. Dócil prometem arranjá-lo para sua filhinha querida — afinal, vale tudo para evitar uma crise de gritos —, mas só tem um problema… o que é isso? Nas masmorras escuras da biblioteca, entre as páginas empoeiradas da Monstropédia, eles encontram a resposta. E essa busca os leva até as profundezas mais profundas da selva mais selvosa, onde habita a criatura mais rara e terrível de todas: uma bolinha de pelos com um único olho e dentes afiados. Será possível ter um COISO de estimação? Bem, é isso que vamos descobrir no encontro épico entre uma criança monstruosa e um monstro de verdade. Na mesma linha das obras hilárias sobre crianças pestinhas que tornaram David Walliams um escritor premiado e amado por todo o mundo, o autor traz uma lição divertida sobre a vida em família e o verdadeiro lugar dos monstros.


A METADE PERDIDA



  • Editora: Intrínseca
  • Páginas: 336
  • Gênero: Romance
  • Lançamento: 11/05/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI.

Sinopse: As irmãs Vignes são gêmeas idênticas. Quando, aos 16 anos, resolvem fugir de casa, elas não fazem ideia de como isso vai alterar suas trajetórias. Mais de uma década depois, uma delas volta para a cidade natal — uma comunidade negra no sul dos Estados Unidos obcecada por novas gerações de pele cada vez mais clara —, e o choque não poderia ser maior. Porque ela não apenas chega sem a irmã, mas com uma criança. Uma criança de pele muito escura.
Para as gêmeas, a separação não significou apenas o rompimento de um laço sanguíneo. Elas se encontram em pontos muito distantes em uma sociedade racista: enquanto uma se casa com um homem negro e é obrigada a retornar ao lugar de onde escapou tantos anos antes, a outra é vista como branca, e o marido branco não faz ideia de seu passado. Ainda que separadas por milhares de quilômetros — e incontáveis mentiras —, o destino das duas permanece interligado. E o que acontecerá quando os caminhos de suas filhas acabarem se cruzando também?
Ao reunir diversos núcleos e gerações de uma mesma família, do extremo sul dos Estados Unidos à Califórnia, entre os anos 1950 e 1990, Brit Bennett constrói uma história emocionante, que também analisa de forma brilhante conceitos como passabilidade e colorismo. A metade perdida trata de questões raciais, explora a influência duradoura do passado em nossas vidas — seu poder de moldar decisões, desejos e expectativas — e apresenta as razões pelas quais algumas pessoas se sentem compelidas a se afastar de suas origens.

DUAS VEZES MAGIA


  • Editora: Intrínseca
  • Páginas: 400
  • Gênero: Literatura Infantil - Fantasia e Magia
  • Lançamento: 07/05/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI.

Sinopse: Era uma vez, há muitos e muitos anos, um menino feiticeiro e uma menina guerreira que foram ensinados a odiar um ao outro. Desejo é filha da rainha dos guerreiros e dona do poderoso (e proibido!) Livro das Palavras Mágicas. Xar é filho de um grande feiticeiro e tentou algo impensável. Agora, ele tem uma ameaçadora marca de bruxa na mão. Para proteger seus lares de um mal terrível, os dois tiveram que se unir, e dessa grande aventura nasceu uma amizade improvável capaz de superar qualquer diferença.
Neste segundo volume da série No tempo dos feiticeiros, o perigo se esconde atrás de cada árvore, e Desejo e Xar precisarão correr contra o tempo para derrotar o grande Rei Bruxo, uma tarefa quase impossível. Mas coisas quase impossíveis já aconteceram antes…
Com personagens encantadores e belas ilustrações, Duas vezes magia é mais uma história divertida e apaixonante de Cressida Cowell, um dos nomes de maior destaque da literatura infantojuvenil e autora da série Como treinar o seu dragão, que vendeu mais de 800 mil livros no Brasil, deu origem a filmes de sucesso e conquistou leitores em todo o mundo.

TERRA FAMAINTA


  • Editora: Intrínseca
  • Páginas: 240
  • Gênero: Policial, Suspense e Mistério
  • Lançamento: 04/05/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI.

Sinopse: Quando o filho de cinco anos de Juliette e Richard morre de repente após cometer uma série de atos inexplicáveis de violência — instigado, segundo ele, por uma voz misteriosa —, o mundo dos dois desmorona. Seis meses depois, Juliette se recusa a sair de casa e passa os dias fazendo gravações no quarto do filho, esperando conseguir provas de que ele continua lá. Enquanto isso, Richard tenta ao máximo não pensar no menino e volta a atenção para o terreno do outro lado da rua, o qual escava pacientemente, em busca de fragmentos de um carvalho lendário.
Assombrados por um presente doloroso e uma expectativa interrompida de futuro, os dois são confrontados pela estranheza e pela solidão de um lugar agora tomado pelo sofrimento. De um lado, o luto deixa cada vez mais clara a distância que os separa; de outro, eles buscam desesperadamente uma ponta de esperança — apenas para desenterrar um profundo terror.
Com a incrível habilidade de criar um mundo definido pelo bizarro, em Terra faminta Andrew Michael Hurley entrelaça com perfeição a selvageria da natureza e descrições capazes de evocar horror. Nesta narrativa inquietante, o sobrenatural e a vida cotidiana se confundem, criando um retrato assustador do que acontece no limiar entre a dor e a sanidade. A obra chega ao Brasil em edição de luxo, com ilustrações exclusivas do artista alagoano Midrusa e capa dura.

GREEN RIVER KILLER


  • Editora: DarksideBooks
  • Páginas: 248
  • Gênero: Terror, Suspense
  • Lançamento: 17/05/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI.


Sinopse: As histórias que traçam perfis de assassinos seriais nos colocam ao horror que somente o ser humano é capaz de produzir. Ler uma dessas histórias aterradoras é uma forma de reforçar nossa empatia ao refletir o que torna alguém capaz de algo tão cruel. O assassino de Green River, na região de Seattle, é um dos casos mais conhecidos dos Estados Unidos, graças aos números vultosos: dezenas de vítimas e uma investigação que se arrastou por décadas. Embora não apareça na obra, outro notório serial killer teve participação ativa no processo: Ted Bundy, no melhor estilo Silêncio dos Inocentes, ofereceu algumas ideias sobre o perfil do assassino e a importância dos lugares onde os corpos foram encontrados. Green River Killer: A Longa Caçada A Um Psicopata conta essa história de um ponto de vista bastante privilegiado, o de Tom Jensen, investigador responsável por conduzir a busca pelo assassino. Com o arrastar dos anos em que o caso esteve sem solução, o leitor acompanha o avanço das técnicas de investigação, o desgaste dos policiais envolvidos e as oscilações de interesse da opinião pública pelo caso. A graphic novel se aproxima, assim, de Meu Amigo Dahmer , outro quadrinho publicado pela DarkSide® Books sobre pessoas envolvidas com casos de serial killers. No livro sobre Jeffrey Dahmer, o quadrinista Derf Beckderf, que foi seu colega no colégio, apresenta um retrato do jovem que viria se tornar um assassino impiedoso. Ambos, no entanto, nos ajudam a entender um pouco melhor o que se passa na mente dessas pessoas.


BUTCHER BOYS: INFÂNCIA SANGRENTA


  • Editora: DarksideBooks
  • Páginas: 208
  • Gênero: Drama, Suspense
  • Lançamento: 17/05/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI.

Sinopse: A infância é um período de descobertas, em que a imaginação corre solta. Em suas mentes, as crianças dão contornos de fantasia até mesmo aos aspectos mais monótonos e indigestos de sua realidade e, assim, transformam sua vida em aventura. Francis “Francie” Brady, o protagonista de Butcher Boy: Infância Sangrenta, tem essa imaginação poderosa que pode temperar a vida de uma criança, mas também algo a mais. Por trás de uma presumida fachada de inocência, se esconde um coração que pulsa com violência, revolta e indignação. Neste perturbador romance, o escritor irlandês Patrick McCabe nos oferece uma reflexão sobre o poder insidioso do ambiente na construção da ética infantil. Submetido à uma situação opressiva devido a sua classe social, sua condição familiar e sua religião, o jovem Francie prova que as crianças, definitivamente, não ficam imunes ao mundo no qual estão inseridas. Assim como clássicos sobre a maldade infantil O Senhor das Moscas, de William Golding, Menina Má, de William March, e Fábrica de Vespas, de Iain Banks, Butcher Boy: Infância Sangrenta nos leva para um universo onde a crueldade e a sociopatia não são prerrogativas dos adultos. Butcher Boy: Infância Sangrenta é um retrato panorâmico na história desse menino que acabou trabalhando no açougue abatendo porcos. O que seriam traquinagens e peças pregadas por crianças levadas aumentam o tom da falta de empatia quando executadas por Francis Brady. Patrick McCabe entende a importância de dar voz aos excluídos, como o seu protagonista. Narrado em primeira pessoa pelo próprio Francie, o romance é um retrato panorâmico da vida, dos pensamentos e dos atos desse menino.

TESTE RORSCHACH


  • Editora: DarksideBooks
  • Páginas: 496
  • Gênero: Não ficção
  • Lançamento: 17/05/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI.

Sinopse: A partir de que momento manchas aparentemente aleatórias foram usadas para tentar entender a mente de uma pessoa pela primeira vez? Como o seu criador, Hermann Rorschach, chegou à ideia das manchas? Teriam elas aparecido em um insight? Elas são mesmo aleatórias? E como que se tornaram tão populares? Muitos podem pensar a princípio no personagem de Watchmen (criação de Alan Moore e Dave Gibbons que dos quadrinhos saltou para as telas do cinema e da TV), que carrega as manchas do teste na máscara. É comum ver o teste em ação em obras de entretenimento e de arte, ou até mesmo em propagandas e vitrines, mas poucos têm acesso às verdadeiras placas usadas para o procedimento e somente profissionais treinados da área da psicologia são capazes de aplicá-lo corretamente. No ano em que o teste de Rorschach (como esse procedimento é conhecido até hoje) completa 100 anos, e a DarkSide® Books traz a obra Teste De Rorschach: A Origem em sua linha Crime Scene, dedicado a livros de investigação criminal e de casos de criminosos notórios. Chegou a hora de uma ferramenta tão usada pela criminologia e tão reconhecida pela psicologia ser desvendada por nossos leitores. Damion Searls traça uma cuidadosa linha do tempo do teste, atravessada pela biografia de seu criador, Hermann Rorschach, pelos primeiros embates entre as grandes mentes da psicanálise, como Sigmund Freud e Carl Jung, com o ambiente da Europa no começo do século XX, de pano de fundo.


COMO O REI DE ELFHAME APRENDEU A ODIAR HISTÓRIAS

  • Editora: Galera Record
  • Páginas: 192
  • Gênero: Fantasia
  • Lançamento: 10/05/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI.

Sinopse: Retorne, em Como o Rei de Elfhame aprendeu a odiar histórias, ao cativante e irresistível universo de Elfhame. A pré-venda conta com brindes exclusivos: o mapa de Elfhame, cards com frases célebres do livro e um papertoy para montar o personagem Cardan. Era uma vez, em uma terra mágica e distante, um garoto com uma língua perversa. Antes de se tornar um príncipe cruel ou um rei perverso, Cardan era uma criança fada conhecida por ter um coração de pedra. Em Como o Rei de Elfhame aprendeu a odiar histórias, a autora best-seller 1 do New York Times Holly Black revela um olhar mais profundo sobre a vida do enigmático Grande Rei de Elfhame. No Reino das Fadas, um príncipe jovem, perigosamente bonito e, acima de tudo, cruel conhece Jude, uma humana criada em Elfhame. Uma trilogia inteira é dedicada a contar a história de sua perspectiva, mas, agora, Cardan está no centro das atenções. Esta história inclui maravilhosos e precisos detalhes da vida do Grande Rei antes dos acontecimentos de O príncipe cruel, uma aventura que ultrapassa as fronteiras de A rainha do nada e, ainda, momentos fundamentais vistos anteriormente pela perspectiva de Jude, narrados na íntegra pelo ponto de vista de Cardan. Este novo livro é um retorno ao universo dos romances épicos, acelerados, perigosos e carregados de drama que conquistaram leitores por todo o mundo. Com cada história acompanhada de deslumbrantes e coloridas ilustrações, Como o Rei de Elfhame aprendeu a odiar histórias se torna um indispensável item de colecionador a ser apreciado por públicos de todas as idades.

POSITIVA



  • Editora: Verus
  • Páginas: 280
  • Gênero: Ficção, young adult
  • Lançamento: 03/05/2021
  • Adquira seu exemplar AQUI.


Sinopse: Simone Garcia-Hampton está em uma nova escola, e desta vez as coisas vão ser diferentes. Ela está fazendo amigos de verdade, envolvida com a turma do teatro e interessada em Miles, o cara que a faz derreter só de olhar para ela. A última coisa que Simone quer é que saibam que ela tem HIV, porque da última vez... bem, da última vez as coisas ficaram feias.Manter a carga viral sob controle é fácil, mas manter o diagnóstico em segredo não é tão simples assim. Quando Simone e Miles começam a namorar ― e os beijos tímidos se transformam em algo mais ―, as sensações vão muito além de um frio na barriga. Ela sabe que precisa abrir o jogo, mas tem medo de como ele vai reagir. Até encontrar um bilhete anônimo em seu armário: ou ela para de sair com Miles, ou a escola inteira vai saber que ela é HIV positiva.O primeiro instinto de Simone é proteger seu segredo a todo custo, mas, à medida que vai entendendo melhor as raízes do preconceito e do medo em sua comunidade, ela começa a se perguntar se a única maneira de superar tudo isso não seria enfrentar os inimigos de cabeça erguida...


__

E você, qual lançamento mais lhe chamou atenção?


11 comentários:

  1. oi, tudo bom?
    Dos livros que você destacou dois me chamaram bastante a atenção. São eles: Duas vezes magia e Como o rei Elfhame aprendeu a odiar histórias. Amo o gênero fantasia, mas confesso que faz um tempinho que não tenho lida nada do universo fantástico.

    beijos

    https://aquelasemsorte.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Pode só querer todos??
    Acabei de ler a trilogia do Povo do Ar e por isso, Elfhame ainda vive tão nítido em mim que preciso urgente desse super lançamento.
    Agora os da Dark, eu só quero todos, mas todos mesmo, sem exceção, principalmente todos rs
    A pobreza só precisa entender isso rs
    Beijo

    Angela Cunha/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  3. Oi! A metade perdida já está no meu radar, gostei das críticas que li e quero conferir. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Oi Leyanne, tudo bem?
    Há vários livros com temas bem importantes sendo lançados, como Positiva e A Metade Perdida. Mas os que mais chamam a minha atenção são os de suspense.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  5. Olá, Leyanne.
    Eu sou totalmente por fora dos lançamentos. Só fico sabendo quando o povo começa a resenhar hehe. A Metade Perdida tenho aqui que recebi no Clube Intrínsecos, mas ainda não li. Duas vezes magia me interessa bastante. E o da Holly vou comprar assim que puder.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Hey Leyanne,

    Adoro ficar sabendo das novidades pelos blogs, pq se não é assim fica sabendo tempos depois pelo twiter.

    Obrigada pelas novidades!

    Boas leituras,
    Karen Gabrieli | Apesar do Caos

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bem?
    Adorei os lançamentos, já fiquei interessado em alguns!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Quanto lançamento maravilhoso.
    fiquei bem curiosa com Terra Faminta e o Green River Killer - adoro esse tipo de coisa. haha

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  9. Oi, Leyanne. Tudo bem? Coiso e Teste Roschach foram os que mais despertam meu interesse. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Temos gostos bem parecidos, viu? Fiquei interessada nos de suspense, em especial Terra faminta. Mas... não posso deixar também de ficar curiosa com O coiso... kkk Se fosse possível, eu também teria um de estimação! kkk
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir

Dicas de Fantasia

[Fantasia][stack]

3 motivos para ler

[3 motivos][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]