resenhas

[Resenhas][slideshow]

[RESENHA] HQ Laura Dean Vive Terminando Comigo


Olá, leitores!

Páginas: 304 | Autores: Mariko Tamaki e Rosemary Valero-O'Connell | Editora: Intrínseca | Ano: 2020 | Gênero: Romance LGBTQ+, Drama, HQ | Tradução: Rayssa Galvão

Me interessei por essa HQ desde o primeiro momento em que a vi. Ela conta a história de uma garota que vive em um relacionamento cheio de idas e vindas. Acho sempre importante comentar sobre o tema, e ler sobre ele. Relacionamentos são tão frequentes e é certo várias pessoas já entraram em um que foi tóxico.

Freddy é a protagonista da história e sua namorada, Laura, não me agradou. O início da HQ já mostra algumas atitudes da personagem sendo egoístas e negligentes para com o relacionamento que tem com Freddy. A HQ tem uma atmosfera triste diante da questão que trata.

A parte mais difícil, além do fato de que levar um fora é pior que intoxicação alimentar, é a sensação de que vivo perdendo uma pessoa que estava aqui agora mesmo.

A protagonista narra sua história em dois planos: ela inicia escrevendo um e-mail para uma conselheira amorosa, questionando alguns pontos sobre seu relacionamento, entre outras divagações sobre o assunto de maneira geral. Ao mesmo tempo, o dia a dia de Freddy transcorre em torno de seu contato com Laura Dean. As duas narrações se sobrepõem, como se conversassem entre si.

De certa forma, elas se conectam e fica bem bacana conhecer os pensamentos de Freddy através do e-mail, ao mesmo tempo que suas ações refletem a ele. Vi Freddy como uma menina em busca de ser correspondida, às vezes notando a negligência de Laura no namoro, mas persistindo em continuar e perdoar.

Bom, isso é tão corriqueiro que se torna algo necessário de discutir. Freddy poderia estar aproveitando sua adolescência de uma outra maneira, mas se vê presa em um loop no próprio relacionamento.


Volta e meia um pensamento me atinge... como se fosse um fio solto na minha pele. Penso que só estou me forçando a acreditar que o que eu sinto é verdade, que isso é mesmo real.

Essa é uma HQ com representatividade racial e LGBTQ+ em peso, portanto os personagens e história passam um clima mais real. Freddy tem o apoio de sua família quanto à sua sexualidade, o que é extremamente importante e foi um ponto que me agradou.

Porém, a leitura é dolorosa em alguns momentos, por nos fazer querer ajudar Freddy em enxergar aquilo que lhe faz mal, mas não conseguir fazer nada. O intuito da leitura é nos passar essa sensação, o que me deixou em puro desespero conforme Freddy se entranhava ainda mais no seu relacionamento.

Algo perceptível em relacionamentos tóxicos, é o quanto a pessoa perde de si mesmo ao tentar salvar aquilo que lhe desgasta. Isso é bem visível na HQ, até mesmo se tratando das amizades de Freddy. Adorei o apoio de seus amigos, e o leitor também acompanha um pouco de suas vidas. Contudo, a ligação de amizade entre eles e Freddy também é afetada pelo seu namoro.

Amar é difícil. E terminar é difícil. Amar é um drama só. E terminar também.

A evolução da leitura diz muito sobre os relacionamentos que acontecem. A história cita pontos importantes e úteis, como o apoio de amigos serem essenciais e como é importante que quem esteja em um meio tóxico perceba e consiga sair. Várias áreas da vida de uma pessoa são afetadas por conta disso, e não é tão simples sair dessa.

A HQ nos dá várias lições acerca do assunto, como também sobre amor próprio. Ela é leve e tem um desenvolvimento rápido. A única cor presente na HQ é o rosa, o que a deixa super fofa. A leitura é essencial para tratarmos de um assunto pesado, com ótimos tópicos em uma só história, onde transcorre de maneira real e simples.


ADQUIRA O EXEMPLAR NA AMAZON:

12 comentários:

  1. Olá, Leyanne

    Bacana que a HQ aborda um tema importante como relacionamento tóxico. Confesso que só fui descobrir que era uma HQ há pouco tempo, inclusive eu achava que a história era algo sobre aquela menina de Para Todos os Garotos Que Já Amei. hahahahah
    Como não leio HQs dificilmente leria, mas achei a edição linda, o tema pertinente e com certeza compraria para dar de presente para alguém.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O título também me confundiu e adorei os temas discutidos. Seria um ótimo presente <3

      Excluir
  2. Oi, Leyanne. Como vai? Que HQ lindíssima, não! Adorei as fotos e a resenha. Fiquei com vontade de o ler. Que bom que gostou da obra. Abraço!



    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Leyanne.
    Eu tenho visto bastante esse título ultimamente, mas não sabia que era HQ. Eu acho muito interessante o assunto abordado e já li livros ótimos com essa temática. Mas nesse momento eu acho que não seria bom para eu ler. Mas vou anotar aqui para ler futuramente.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma leitura que recomendo para quem está procurando o assunto. Quem sabe você leia mais para frente.

      Excluir
  4. Oi, Leyane!
    Já tinha visto a capa dessa HQ (que eu não sabia que era HQ) por aí e o título e ela me interessaram.
    Achei muito legal a temática.
    Quem nunca viveu (ou teve uma amiga que viveu) um relacionamento tóxico como esse, né?
    A gente tenta a todo custo, mas às vezes é dar murro em ponta de faca.
    Adorei que é cheio de representatividade!

    Beijoooos

    Teca Machado
    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade. Achei a leitura bem necessária, as vezes é bom falar do assunto.

      Excluir
  5. Oi Leyanne, tudo bem?
    Tenho visto a editora divulgando bastante essa HQ e gostei muito do traço. Na adolescência somos muito suscetíveis a relacionamentos tóxicos, então gostaria de conferir essa história.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Eu adorei que a autora tenha discutido o assunto. O traço é uma fofura.

      Excluir
  6. Oi, Leyanne! Tudo bom?
    Eu me dei essa HQ de presente de aniversário, só esperando pra poder abrir e ler. Fiquei muito curiosa pelo tanto de elogio e sobre como a história parece ser sensível dentro da temática; relacionamento abusivo precisa ser muito discutido na literatura!

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É super importante discutir esse assunto. Eu espero que goste da leitura, foi um super presente esse <3

      Excluir

Dicas de Fantasia

[Fantasia][stack]

3 motivos para ler

[3 motivos][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]