resenhas

[Resenhas][slideshow]

[RESENHA] Leah Fora de Sintonia


Olá Leitores!

Páginas: 320 | Autora: Becky Albertalli | Editora: Intrínseca | Ano: 2018 | Gênero: Young Adult, Romance LGBT | Tradutora: Ana Rodrigues

Leah é uma personagem de Com Amor, Simon , e este livro é um extra destinado a entendermos melhor a personagem. Ela é uma das melhores amigas de Simon e aparece bastante no livro dele, porém ela tem várias complexidades e guarda isso para si. Entendemos pouco sobre ela e por isso achei que neste livro passaria a compreender melhor Leah.

Primeiro, ela é uma personagem com defeitos como qualquer pessoa, e também com uma personalidade forte. Neste livro conhecemos mais sobre como é a vivência da personagem e seus anseios. Os eventos deste livro ocorrem um ano após o Com Amor, Simon. Os personagens estão prestes a sair da escola e este é o ponto onde há despedidas, escolhas de faculdade, entre outras decisões a tomar.

Está presente no livro, o mesmo circulo de amizade de Com Amor, Simon , e a narração aos olhos de Leah nos dá uma percepção, e compreensão da personalidade dela em retrospectiva ao outro livro. Leah nos é apresentada aqui como uma pessoa decidida de várias formas, mas também com incertezas.

"As pessoas não conseguem assimilar o conceito de uma garota gorda que não faz dieta. É difícil acreditar que eu possa realmente gostar do meu corpo?"
Ela é bissexual e também aceita seu corpo como ele é. Como uma pessoa fora dos padrões por ser acima do peso, ela é questionada várias vezes por outras pessoas a respeito de seu corpo. Houveram situações em que surgiram inseguranças a respeito disso no livro, contudo isso foi influenciado por comentários externos que minimizaram a auto estima de Leah.

O contexto disso é bastante comum. Por vezes já nos sentimos insatisfeitos com nosso corpo, por conta de comentários de outras pessoas, ou até mesmo por um padrão de corpo considerado "mais bonito". A inclusão de personagens acima do peso na literatura é uma forma ótima de representação. Se não houver isso, a aceitação será cada vez mais difícil.

Leah tem um amor não correspondido no livro, mas isso é bem confuso de entender. Foi neste ponto que por vezes fiquei boiando. Ela gosta de uma pessoa que está dentro de seu círculo de amizade. No livro, Leah fica cada vez mais próxima da pessoa, porém ela acaba sendo ambígua e indecisa as vezes. É difícil decidir se ela está ou não gostando ou não nutrindo sentimentos.


O sensação que temos, é de indecisão e pode ser refletido em vários momentos da nossa vida em que passamos por algo parecido. A hesitação de Leah perdura por muito tempo e por isso surge uma certa dúvida sobre o que ela realmente quer.

A autora insere neste livro uma situação de alerta onde a mensagem principal é que precisamos nos posicionar contra o racismo. O interessante é que isso vem por parte de Leah, que não é branca. Isso prova que não precisamos ser negro para lutar contra o racismo. Qualquer pessoa precisa se posicionar contra. Gostei de como assuntos importantes como esse foram adequadamente compostos na história.

De certa forma, foi isso que deixou o livro tão mais real e algo que podemos nos identificar. A leitura é consideravelmente leve. Há várias referências a bandas, Harry Potter, entre outros. Foi ótimo rever alguns personagens do livro Com Amor, Simon, inclusive o próprio Simon.

Este foi um livro delicioso, que apesar de haver um pouco de enrolação, tem muitos assuntos necessários e conteúdo atual.


ADQUIRA O EXEMPLAR NA AMAZON:

6 comentários:

  1. Oi Leyanne, tudo bem?

    Eu só vi o filme, mas acho Leah uma personagem bem interessante e a autora traz temas pertinentes. Parece uma boa leitura!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi, Leyanne tudo bem? Este livro esta na minha lista de futuras leituras. Presumo ser um livro excelente e espero o ler logo. Ótima resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. É tão bom quando a leitura é gostosa assim, né? Fiquei curiosa para conhecer esse livro! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  4. Eu peguei esse livro no dia em que o Felipe Neto mandou distribuir os livros "impróprios" na Bienal do Livro do ano passado. Ele está aqui e eu, quando olhei para ele, percebi na hora que ia gostar, mas acabou que entrou na fila de espera e ainda não li. Quem sabe agora na quarentena eu dê uma chance a ele. Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  5. Eu não curti muito a Leah no livro do Simon e pelas suas considerações e algumas outras que ouvi, mesmo lendo o seu livro a opinião não mudará kkkkkk
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. Oi Leyanne, tudo bem?
    Eu não leria por não ter lido Com Amor Simon, aí não sinto tanta vontade de me aprofundar. Mas acredito que faça sentido as indecisões da Leah, nessa fase da vida temos muitas incertezas e decisões difíceis a tomar, é bem complexo mesmo. Que bacana que o livro transmite isso.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir

3 motivos para ler

[3 motivos][stack]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]