resenhas

[Resenhas][slideshow]

[RESENHA] Coração de Tinta [Livro #1]


Olá Leitores!

Páginas: 348 | Editora: Seguinte | Autora: Cornélia Funke | Gênero: Fantasia, aventura.

Coração de Tinta é um livro que há muito tempo me chamou atenção, principalmente por ter um enredo que parece destinado exatamente para quem tem uma paixão enorme por livros. O que significa que praticamente todos os leitores provavelmente iriam gostar da história. Tive a imensa oportunidade de ler essa obra, as páginas realmente me encantaram e terminei ele ainda mais apaixonada por livros do que achei que seria possível.

"Por que as aventuras só podem ser divertidas quando a gente lê?"
Acho que a sinopse que o livro nos fornece contém bastante spoiler, portanto irei falar sobre o livro sem tantos detalhes e enfatizar o que realmente me chamou atenção. Ele tem o foco em uma garota chamada Maggie, ela vive com seu pai que trabalha como um "médico de livros" e ele é muito apaixonado por leitura. Como é de se esperar, o pai de Maggie, que a mesma o chama de Mo, a ensinou sobre essa paixão pela leitura, e ela com apenas 12 anos já tem um apreço enorme pelas páginas.

O livro se inicia com uma visita inesperada de um suposto amigo de Mo do qual Maggie não sabe nada a respeito. Esse tal amigo parece bem estranho para os padrões dela e tem um nome extremamente suspeito: Dedo Empoeirado. Ele por sua vez é um personagem misterioso que conhecemos mais a respeito bem mais a frente. Essa visita inesperada de Dedo Empoeirado  para Mo, faz com que tudo fiquei fora dos eixos e eles precisem ir embora. O motivo não nos é apresentado e como o livro é visto sob os olhos de Maggie, sabemos tão pouco quanto a personagem.

"Que diabos, estou me sentindo como se tivesse vindo parar num  desses terríveis romances de aventura, insuportavelmente mal escritos, onde vilões usam tapa-olhos e arremessam facas."
O estranho é que há algumas pessoas realmente perigosas atrás do simples médico de livros Mo. Toda essa perseguição tem a ver com algum livro e esse mistério só descobrimos ao longo das páginas. Coração de Tinta tem uma linguagem extremamente simples, a qual acredito que seja destinada e acessível para o público em geral. Ele conta com personagens cativantes e com um enredo bem intrigante. Afinal, o livro é sobre um livro e o leitor fica ávido para saber mais.

Nossa paixão pelos livros é finalmente reconhecida neste livro ao nos depararmos com personagens também apaixonados por livros. Mo é um exemplo de leitor, mas apesar de ser um médico de livros e um dos personagens principais, é uma personagem secundária, que aparece mais a frente, que rouba a cena como uma perfeita leitora. O nome dela é Elinor, e seu papel no livro está totalmente ligado com o alívio cômico.

"- Sim, Elinor é muito rica - disse Mo, puxando Maggie de volta. - Mas qualquer hora dessas vai acabar sem um tostão furado, pois gasta todo dinheiro que tem com livros. Receio que ela não hesitaria em vender a alma ao diabo, se ele oferecesse o livro certo em troca."
Ela nos representa perfeitamente por se mostrar como uma pessoa obsessiva quando se trata dos livros que gosta ao invés de calma e equilibrada. Em todas as suas falas há pelo menos uma menção de seu amor à literatura. É instantâneo identificar-se com ela. Engraçada e bem diferente, ela é uma pessoa com idade avançada mas que sonha mais com seus livros do que com nossa realidade, e isso é precisamente o que nós, leitores gostamos de fazer.

 O livro tem uma pergunta implícita que nós, leitores fazemos constantemente: "e se morássemos dentro dos livros que lemos ou se tivéssemos o poder de transportar os personagens para nosso mundo?". Essas perguntas são tão reais neste livro que imaginei e cogitei se elas fossem reais. O livro me deixou encantada. E apesar dele nos mostrar tudo pelos olhos de Maggie, seu pai tem um papel principal no livro.

"Eu acho que ela se alimenta de letras. Toda a casa dela está atulhada de livros. Ela os prefere à companhia de seres humanos."
A obra também trás alguns plots, que deixa o leitor ainda mais inflamado. O livro é uma fantasia, porém uma bem leve. Ele também e cheio de referências literárias, um dos pontos que mais gosto! Há um filme do primeiro volume lançado em 2008, porém acho que é pouco conhecido. Foi através dele que conheci o livro e achei a adaptação muito boa.

Ainda há mais dois volumes, os quais também pretendo ler em breve. A autora é alemã e já escreveu outros livros, inclusive escreveu junto com Guilhermo del Toro: O Labirinto do Fauno, que é uma obra já resenhada aqui e que gosto bastante.


ADQUIRA SEU EXEMPLAR NA AMAZON:

4 comentários:

  1. Amei a resenha e se antes eu já queria lê-lo, depois dessa resenha maravilhosa a vontade de aumentou.

    ResponderExcluir
  2. Ahhh esses livros. Tenho os três mas ainda não li nenhum. Preciso me animar a ler. Adoro a ideia da história.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  3. Uau que maravilhosooo, fiquei muito interessada em ler!! Já guardei o nome <3 amo mtt livros com essa pegada misteriosa e essa capa nem preciso falar nada né!! Simplesmente apaixonada

    Deetz Blog

    ResponderExcluir
  4. Oi, Leyanne! Eu tenho uma curiosidade quase mórbida para ler este livro. Sua maravilhosa resenha aguçou ainda mais o meu interesse por lê-lo. Adorei sua resenha e espero ler o livro em breve. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Dicas de Fantasia

[Fantasia][stack]

3 motivos para ler

[3 motivos][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]