[RESENHA] A Longa Viagem A Um Pequeno Planeta Hostil

7 de outubro de 2019

 Olá Leitores!

Páginas: 352 |Editora: DarksideBooks |Autora: Becky Chambers | Ano: 2017

Esse livro me conquistou de tal forma, que agora é um dos meus livros favoritos de sci-fi. Li poucos livros do gênero por ter dificuldade em achar algum que eu leia e que consiga entender todos os conceitos apresentados. Este aqui me jogou em um universo bem maior do que eu conheço, e me mostrou tudo como se eu estivesse em uma exposição.

O livro nos dá a entender que se passa a milhares anos a frente. A história não é narrada na Terra, e sim no espaço. Aqui, os humanos não são exclusivamente os personagens principais, e contamos com uma tripulação de protagonistas que irá nos conquistar. Eles viajam a bordo da Andarilha, que é uma nave especial de perfuração de túneis no espaço, onde abre novos caminhos para viagens espaciais serem mais curtas.

"O universo é aquilo que fazemos dele, cabe a você decidir que papel quer desempenhar."
A Andarilha recebe recentemente uma nova integrante, a jovem chamada Rosemary. Ela é uma humana e aceita seu mais novo emprego na nave para se reconstruir e esquecer de seu passado que a principio não é mencionado. O choque que levei ao conhecer os tripulantes foi enorme e só pude me encantar por cada um deles.

A nave tem nove tripulantes e cada um deles tem uma história que me tocou. A princípio imaginei que o livro iria apenas focar em Rosemary e sua luta em tentar se encaixar, mas me surpreendi ao perceber que a autora foi além disso e quis protagonizar todos da Andarilha. Por ter tantos personagens assim, é fácil de pensar que talvez tudo tenha ficado apressado demais, mas posso garantir que os ganchos que a autora utiliza para adequar cada situação a cada personagem específico, narrando sua história e nos mostrando em como todos são singulares e importantes, é perfeito.

"Dizem que ninguém pode definir quem você é além de você mesmo."
A maior parte do livro se passa dentro da nave, mas há momentos de pouso em que desfrutamos da mesma surpresa de Rosemary ao se deparar com tudo muito diversificado. Isso foi proposital, e nos identificamos com a personagem por esse universo ser tão novo para nós. Não exitem somente humanos. Aqui, há outras espécies inteligentes e a Terra é pouco mencionada, por ter sido destruída pelos seres humanos por sua inconsequência. Essas espécies são até mais avançadas que os humanos, o que enfatiza a teoria de que nós não estamos sozinhos no universo.
"Os humanos só não matam uns aos outros em quantidades tão grandes quanto costumavam fazer porque seu planeta morreu antes que pudessem exterminar a si mesmo."

A diversidade de cada espécie culminou minha curiosidade para saber mais, e adorei conhecer essas novas culturas apresentadas. Ao adentrar a leitura, esteja preparado para expandir sua mente e encontrar outras espécies que são totalmente diferentes dos seres humanos, mas que vivem juntas. O universo que nos é apresentado já foi bem explorado e por isso não é estranho várias espécies existirem em diversos espaços. Percebi uma analogia sobre isso com nossa própria espécie, que somos diferentes uns dos outros, mas mesmo assim vivemos todos juntos.

A obra dispõe de ótimos conceitos da física como viagens interestelar, buracos de minhoca e cálculos espaciais, mas tudo explicado de forma simples e fácil de entender. As informações são super acessíveis e ótimas para quem quiser começar a ler o gênero sci-fi. Todos os conceitos e palavras novas, são devidamente explicados.

O livro é repleto de humor, e em alguns momentos é impossível não tentar imaginar como seria se nosso universo fosse dessa forma. O modo como outras espécies enxerga os humanos é diferente no livro e pude imaginar como seria para eles ver alguém como nós. Isso me fez refletir sobre como nos parecemos para povos desconhecidos, que  pouco temos contato e que na verdade pensamos ser algo totalmente assustador. Mas mesmo toda essa diferença, a sociedade representada no livro é visivelmente evoluída a ponto de existirem em paz.

"Não julguem outras espécies pelas suas próprias normas sociais."
Como se não bastasse todos os elogios que citei acima, a obra dispõe de mais uma inclusão ao adicionar um romance LGBT e ainda por cima o casal ser de espécies diferentes. O romance não é um foco principal, mas o desenvolvimento é ótimo. A autora tem o dom de nos entreter e ensinar lições enquanto escreve e também nos emocionar com seus personagens maravilhosos.

Tudo é narrado de forma estranha a princípio, com novos termos e descrevendo lugares que nunca havia visto. A obra é totalmente inovadora, e nos apresenta a um universo bem maior do que o que conhecemos. Ao acompanhar a Andarilha e seus tripulantes, viajamos com ele, e conhecemos cada um deles. Cada um difere um do outro e isso chama muita atenção, pois cada um é diferente de modo proposital e suas histórias são desenvolvidas perfeitamente.

A Andarilha me conquistou, e já estou morta de saudades dessa história encantadora. O final tem um desfecho de cortar o coração, mas dá um ótimo gancho para o livro seguinte, que explora outros personagens e situações diferentes, mas no mesmo universo.
ADQUIRA SEU EXEMPLAR NA AQUI

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. AMO/SOU livros desse estilo porém poucos normalmente me prendem. Minhas últimas leituras de sci-fi me decepcionaram um pouco então estou de férias do gênero um pouquinho rs
    Gostei do fato de que tem vários personagens como foco e que mesmo assim o livro não fica corrido ou repetitivo, é muito ruim quando o autor tenta encaixar tudo ali nas páginas e acaba não focando em nada, deixando o livro raso. E esse final que pelo visto é triste? Será que meu coração aguentaria??

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  2. Oi Leyanne,

    Eu já ouvi falar bem desse livro e confesso que sou apaixonada pelo tema e sempre que posso leio a respeito. Então ainda não sei porque não comprei esse exemplar RS.
    Bom saber que é um livro bem completo. Já quero!

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Amei sua resenha, eu amo livros com esse tema, tenho certeza que vou me apaixonar por esse! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Leyanne.
    Eu leio pouco do gênero porque geralmente não entendo muito os livros do gênero hehe. Mas fiquei interessado nesse principalmente por ter isso de espécies diferente e como elas nos enxergam. Se der vou ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.