[RESENHA] A Roda Do Tempo: As Chamas do Paraíso [Livro #5]

11 de setembro de 2019

Olá Leitores!

Páginas: 944 |Editora: Intrínseca |Autor: Robert Jordan | Ano: 2016

Este é o volume 5 da série A Roda do Tempo, que possui um total de 14 volumes. Adentrei nessa leitura ainda me recuperando dos fantásticos acontecimentos do livro anterior A Ascensão da Sombra. Nele temos uma noção do quanto a saga tomou um rumo mais sério.

Tudo parece está se encaminhando para Tarmon Gai’don e para isso a preparação dos personagens é o principal. Neste volume, Rand precisa urgentemente regressar do deserto Aiel quando percebe que há um Abandonado em Caemlyn e uma ameaça vindo de Couladin, um Aiel que discorda do título de Rand perante os Aiel: Car’ar’carn.

Matt ainda está na companhia de Rand e fiquei bem impressionada no quanto o personagem evoluiu. É exatamente neste volume que Matt finalmente toma algum rumo definitivo no que se refere a seus poderes de Ta’veren.

Mas o que senti falta durante a leitura, foi do personagem principal Perrin. Ele sempre esteve presente durante os outros livros e diante de tanta evolução do personagem, estava bem acostumada com sua presença. Principalmente agora que ele arrumou uma parceira: Faile. Adorei eles dois juntos e com certeza lamentei a ausência de ambos no livro.

Isso é bastante normal, eu sei. Em todos os volumes de A Roda do Tempo, o autor costuma ausentar algum personagem principal, isso talvez aconteça pelo fato de haver muitos protagonistas para trabalhar. É muito importante que cada um tenha uma evolução própria.

O livro também acompanha Min; Siuan, a ex-Amyrlin, Leane a ex-curadora das crônicas. Elas acabam encontrando Logain, que teve uma breve participação no livro 1: O Olho Do Mundo. É perceptível que o personagem terá alguma importância futuramente por conta das várias previsões que Min faz a seu respeito.

Algo que me deixou confusa durante esses últimos livros da série, foi tentar desvendar quem é o par romântico de Rand. Ele nutre uma paixão correspondida pela Filha Herdeira Elayne, mas durante As Chamas do Paraíso, começa a se afeiçoar também por Aviendha, uma Aiel ex-Donzela da Lança que o acompanha a qualquer lugar.

O livro é enorme, o que deixa bastante espaço para tudo isso ser bem desenvolvido na trama. A escrita de Robert é bem detalhada, mas cheia de importância.


Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Olá, Leyanne.
    O que me desanima nessa série é que são muitos livros e pelo jeito não vão publicar todos por aqui. Meu sobrinho está desesperado pelas continuações e nada hehe. Ele até lê em inglês, diferente de mim, mas quer em português hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como é, mas estou confiante que vão traduzir hehe.

      Excluir
  2. Oi, Leyanne!
    A série é enorme e a quantidade de páginas dos livros é igual. O enredo parece ser maravilhoso, mas tem que ter coragem para iniciar!
    Adorei a resenha.

    Beijos
    Construindo Estante || Instagram

    ResponderExcluir
  3. Oii!
    Eu costumo fugir de séries com mais de cinco livros porque me bate aquela preguicinha de acompanhar. Apesar de eu ter ficado meio boiando por não ter lido os livros anteriores, parece uma história muito boa apesar de meio confusa.
    Adorei a resenha.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que são muuuitos personagens e a história é bem extensa mesmo.

      Excluir
  4. Oi, Leyanne!
    Meu Deus, 14 volumes e um livro de quase mil páginas? Olha, estou te achando muito corajosa, porque eu nunca entraria numa série tão grande assim hahaha Parece ser interessante a trama, mas não tenho tanta coragem igual você haha
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro calhamaços, esse é um fraco meu haha

      Excluir
  5. Nossa, é grande mesmo, confesso que hoje em dia penso duas vezes antes de encarar uma série assim, mas pela resenha parece tudo muito bem desenvolvido!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tudo perfeito, essa série não deixa nada a desejar.

      Excluir
  6. Oi Leyanne,

    Essa série é bem grandinha, mas quando a história é boa a gente vai que vai rs.
    Eu não tenho eles na lista de leitura, mas tenho certa curiosidade.

    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.