[RESENHA] O Labirinto do Fauno

7 de agosto de 2019

Olá Leitores!

Páginas: 320 |Editora: Intrínseca |Autores: Guillermo del Toro e Cornelia Funke | Ano: 2019


Se você é fã do filme O Labirinto do Fauno provavelmente irá amar ler o livro (talvez já até tenha lido). Ele lançou recentemente e a ideia dos autores é justamente expressar no papel a história retratada no filme. Mas lendo essa obra, percebi que também foram acrescentadas algo mais, o que não me decepcionou nem um  pouco.


Fiquei relutante em fazer essa leitura com medo de que o livro seguisse um rumo diferente do que conhecia. Para quem não sabe, o filme foi lançado primeiro que o livro, portanto tinha aquela dúvida de que a obra seria somente uma retratação (ou somente o roteiro) sem nada a acrescentar. Mas é claro que houve muita coisa nova.

"Todos nós inventamos nossos contos de fadas."
Narrado em  plena 2° Guerra Mundial, já temos uma noção de que a história vai ser carregada de emoção. É exatamente isso que acontece. Ofélia é uma memina de treze anos, e quando sua mãe, grávida e recentemente casada com um oficial fascista da Espanha, é chamada para sua unidade, Ofélia inevitavelmente a acompanha. Acontece que a menina adora contos de fadas e quer ardentemente viver um, com fadas, reinos e magia.

No início de cada capítulo, acompanhamos a construção de um conto de fadas verdadeiramente fascinante. A princípio diz-se que no Reino Subterrâneo, uma princesa queria muito ver nosso mundo e quando chegou aqui, se perdeu e jamais conseguiu encontrar o caminho de volta. Seus pais e o conselheiro do fiel do reino, o Fauno, fizeram de tudo para encontrá-la deixando pistas e mais pistas. Não é segredo de que a princesa perdida é naturalmente Ofélia.

A prometida encontra o Fauno em um labirinto esquecido perto da unidade de seu padrasto e ele imediatamente a reconhece. Ela então precisa concluir algumas tarefas para voltar para seu reino. Todas as suas aventuras são empolgantes e amei reconhecer as cenas do filme nas páginas desse livro.

"Raramente o mal se mostra de imediato. (...) Só os contos de fadas dão uma forma adequada ao mal. Os lobos maus, os vilões, os demônios, o diabo..."
As descrições são exatamente como eu imaginava e senti que a história teve um complemento muito mais trabalhado. Ao invés de somente dar destaque à Ofélia como pertencente a um reino mágico, os autores inseriram outras analogias correspondentes aos demais personagens e seus respectivos papéis no Reino Subterrâneo. A obra aborda a crueldade humana comparando-a com contos de fadas, o que me fez gostar ainda mais da leitura pela facilidade de assimilação.

Não vai faltar lágrimas para a leitura, é uma história que mexeu comigo, pela retratação a 2° Guerra. Mas também é uma leitura muito gostosa e por isso já até pretendo ler mais vezes. O livro também me cativou pela beleza. A edição é lindíssima com pintura lateral e ilustrações.

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Eu nunca assisti o filme mas sempre tive curiosidade em conhecer a história. E após lançarem essa edição lindíssima, só fiquei com ainda mais vontade.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme é mesmo maravilhoso, essa edição é perfeita eu garanto! Amei muito a leitura ♥️

      Excluir
  2. Já assisti há muito tempo e fiquei apaixonada por essa edição! Pretendo ler logo que puder <3

    Amei o post

    Ldesaturno.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilha!! Você vai amar a leitura !! ♥️

      Excluir

Tecnologia do Blogger.