[RESENHA] Especial

5 de agosto de 2019

Olá Leitores!

Páginas: 223 |Editora: Galera Record |Autor: Ryan O'Connell | Ano: 2019


Não sei bem em que gênero esse livro se enquadra. Para mim, ele é uma biografia, drama, um pouco de auto ajuda e muita comédia. Mas nada de rotular ele ainda, e menos ainda desprezar ele por isso. Especial, primeiro de tudo é uma lição em forma de relato sobre a vida do autor Ryan O'Connell. Ele tem paralisia cerebral, é gay e faz parte da geração millennial (geração criada com internet, os nascidos a partir dos anos 1980).
"Reinvenção nem sempre é sinônimo de de amadurecimento. Às vezes é apenas sobre desistir e se tornar a pior versão de si mesmo."
Sabendo que Ryan possui esses atributos, já levamos em consideração de que ele seja especial e mereça um tratamento também especial. Pois bem, Ryan é como todos nós, e prova isso em seu maravilhoso livro, que trás várias experiencias que passou. Nesse relato biográfico do autor, conhecemos bem como foi sua vida em suas várias etapas pelos seus capítulo bem  elaborados e cheios de humor.

"Você pode experimentar diferentes personalidades como quem  troca de roupa, mas garanto que o traje original vai ser sempre o que veste melhor."
Isso mesmo, o livro também possui muitos traços humorísticos que me fizeram rolar de rir! Mas também trás lições importantíssimas. Ele fala sobre a vida de Ryan e em como sempre foi afetado pelas pessoas terem uma ideia equivocada de que alguém com paralisia não pode ter uma vida com qualidade; e como sua paralisia também afetou seus relacionamentos.
"As pessoas não nos devem nada; podem entrar de repente em nossas vidas, nos fazer sentir esperançosos e amados, então desaparecer sem nenhuma explicação ou desculpa."
Estamos falando sobre paralisia + ser gay. Ryan passou por muita coisa e nos ensina a como termos orgulho de nós mesmos independentemente da sua sexualidade ou condição. Achei bem interessante a forma que o autor falou sem reservas sobre os momentos em que sentiu vergonha de si mesmo e teve amizades tóxicas que o fizeram se sentir um lixo. Ele não esconde absolutamente nada, nos deixando a par até mesmo dos episódios mais vergonhosos que teve.

"Tratei minha vida como se fosse um grande experimento, e então tive a ousadia de ficar surpreso quando tudo explodiu na minha cara."
Provavelmente nem todos vão gostar do que o autor vai falar no livro. A linguagem é crua, contendo palavrões e relatos sobre cenas de sexo do autor. Não me incomodei por esses fatores, pelo contrário, achei bastante necessário para o que Ryan queria nos mostrar. Acontece que esse não é um livro para apenas ler sem absorver nada.
"Eu vinha alugando meu corpo por vinte e tantos anos, sem saber se devia investir em mim mesmo e finalmente comprar. Não sei, pensava. É meio que um muquifo. Será se vale a pena? A resposta, claro, é sempre sim."
Todas as situações citadas servem para nos ensinar algo e a linguagem ajuda a nos mostrar o impacto que o livro trás. Ri muito com tudo, o livro é curto e com uma e escrita extremamente fluída. Se gosta daqueles livros que te ensinam algo, te fazem rir sem reservas, e para ler em apenas um dia, recomendo muito Especial.

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Olá, Leyanne.
    Esse livro não funcionou comigo. Não gostei do protagonista, achei que ele generalizou demais. E ainda o livro não tem diálogos nem ordem cronológica, o que me fez arrastar na leitura.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena! Achei a leitura bastante fluida, tanto que terminei em apenas um dia.

      Excluir
  2. Ai eu quero tanto ler esse livro! Amei a série, tão ufhfrnujf (não sei definir)

    Adorei seu blog, vou sair pegando indicações ahhahah <3

    Abraços!

    www.viniciustorres.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.