resenhas

[Resenhas][slideshow]

[RESENHA] As Musas


Olá, leitores!

Páginas: 350 | Autor: Alex Michaelides | Editora: Record | Ano: 2021 | Gênero: Thriller, Suspense | Tradução: Marta Chiarelli | Classificação indicativa: +14

As Musas é um thriller que começa um pouco lento e traz surpresas durante a leitura. A obra é do mesmo autor de A Paciente Silenciosa, uma leitura que deixou presa do início ao fim. Em As Musas, o livro conta a história de Mariana, uma terapeuta que trabalha especificamente com terapias em grupos, e passou por uma tragédia não faz muito tempo.

Mariana perdeu seu marido há um ano e ainda está tentando passar pelo luto. A ferida é nova demais, intensa demais, tanto que nas primeiras páginas é possível ver como essa dor a afetou de diferentes formas. A leitura tem traços bastante melancólicos, que também passam esses sentimentos para quem está lendo.

É uma noite em que mais uma vez trabalha com seu grupo de terapia, quando Zoe, sua sobrinha, liga para dizer que uma tragédia aconteceu. A colega de quarto de Zoe é assassinada e imediatamente Mariana se sente no dever de amparar a sobrinha, como uma ação protetora. As duas são bastante ligadas, e é no avanço da leitura que descobrimos mais sobre essa relação.

Após o contato de Zoe, Mariana viaja até a universidade onde sua sobrinha estuda para dar apoio emocional e saber mais como desvendar essa história. Como a protagonista conhece bem o peso do luto, é inevitável como a notícia de sua sobrinha podendo sofrer o mesmo a abala. Mariana tem uma profundidade de dor imensa, onde suas palavras transbordam tais sentimentos.

A morte não era estranha para Mariana; tinha sido sua companheira de viagem desde que ela era criança - mantendo-se atrás dela e à sua volta. Chegou a pensar algumas vezes que tinha sido amaldiçoada, talvez por uma deusa maléfica de uma lenda grega, a perder todos que amava.

É quando enfim Mariana chega à universidade, que ela passa a se sentir cada vez mais impelida a investigar sobre o assunto. O assassinato não faz contato direto com ela, mas meio que a deixa mais instigada a desvendar o mistério. As pistas são soltas, mas para a protagonista, é fácil achar um culpado. Ela começa a ter certas obsessões que no início pensei serem apenas para despistar o leitor, e a cada vez que eram retomadas, me deram uma certa dúvida sobre o que pensar.

Acontece que, para quem está lendo, é tão fácil se embrenhar nas palavras e sentimentos de Mariana, que fica obscuro tentar ver com clareza. A leitura tem mais de uma linha do tempo, o que nos faz pensar se as duas se conectam de alguma forma ou contribuem diretamente para o desfecho. Uma delas é sobre a investigação atual, com Mariana tentando ir em busca de uma resposta para suas perguntas sobre quem é o culpado.

A outra linha do tempo ainda é com Mariana narrando, mas dessa vez contando sobre sua relação com seu marido, desde quando se conheceram. Esses momentos de narração são bem dolorosos para a protagonista, melancólicos, e permeados de tristeza. É assim que conhecemos mais sobre quem é a personagem hoje e um pouco sobre a vida de ambos até o dia em que ele morre. E uma terceira perspectiva é sobre um personagem desconhecido, que conversa falando um pouco de si, mas sem revelar quem é.

O livro conversa com o leitor de várias formas, mas nem assim consegui ter certeza de quem seria o culpado. A obra distrai o leitor inserindo aqui e ali personagens com passados semelhantes em alguns aspectos que acredito que seja proposital. As revelações me deixaram perplexa porque vieram de partes que eu nunca iria suspeitar.

As Musas possui intensidade em algumas partes, mas, em sua maioria, é sombrio e fala sobre tragédias. A história tem grandes referências gregas, vindas da origem da protagonista, entre outras que são lançadas pelo suspeito e personagens. A obra possui uma narrativa mais lenta, que não me incomodou tanto, mas acho que esperava algo mais urgente.

As Musas difere-se bastante de A Paciente Silenciosa, então não recomendo esperar algo semelhante. As duas obras conseguiram me enganar completamente, desviando minha atenção para que eu não percebesse o que poderia ser realmente o certo. Durante a leitura de As Musas, pude encontrar uma referência de A Paciente Silenciosa, sobre um personagem específico que aparece por lá. A referência me fez pular de atenção e quase não acreditei no que estava lendo.

Alex Michaelides tem uma maneira incrível de escrever thriller e gostei bastante desse. Foi uma obra com um desfecho ótimo, e tem pontos que se conectam entre suas duas obras, sem serem sequências. Recomendo principalmente para quem também adora referências gregas e revelações inesperadas.

Leia a resenha de A Paciente Silenciosa AQUI.

ADQUIRA SEU EXEMPLAR NA AMAZON:

16 comentários:

  1. Oi, Leyanne! Tudo bom?
    Eu amo quando histórias assim se desenvolvem tão bem que a gente não consegue ter certeza de nenhuma resposta dentro dela, deixa o clima perfeito pras revelações. Eu tô bem curiosa com esse desde que saiu por aqui, então quem sabe venha aí!

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oie Ley!

    AMO ENCONTRAR EASTER EGGS!Acho que teria que ler primeiro a paciente pra pegar esse
    eu sou meio lenta para descobrir suspenses, então tudo pra mim é surpresa, mas acho que vale a leitura hein? Não imaginaria pela capa, confesso!!!
    Vale muito a dica e a resenha ficou ótima ♥
    Beijos!
    Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  3. Oi Leaynne, tudo bem? Eu não li A paciente silenciosa, então não vou ter mesmo como comparar, mas tenho lido criticas bem positivas do autor, quero ler esse!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Oie, tudo bem?
    Quero muito ler esse livro, já está na minha wishlist, principalmente depois de ler A Paciente Silenciosa!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  5. Oi Leyanne,

    Eu li A Paciente Silenciosa e gostei bastante do jeito como o autor levou a obra, a premissa desse outro livro é bem interessante, mas o que me chamou atenção foi essa citação de um personagem do outro livro nessa história.
    Dica anotada.

    Bjs
    https://diariodoslivrosblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá, Leyanne.
    Estou bastante curiosa com esse livro porque gostei muito de A Paciente Silenciosa. Fui enrolada pelo autor porque não conseguia ver uma ligação entre as histórias. Só não dei nota máxima porque não gostei do final. Assim que der vou ler esse e fiquei curiosa com esse personagem que aparece do outro livro hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi Leyanne,

    Caraca gostei muito da resenha do livro, estou lendo livros em espanhol agora que estou estudando o idioma e juro as primeiras coisas que contou sobre ela perder o marido e passar um luto, parece muito um filme que assisti ontem em espanhol que se chama "Despues de Ti", tem na Amazon.
    Fiquei muito afim de ler!
    Um beijo,
    https://cinthyaraujo.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Recentemente li o outro livro do autor e pela sua resenha desse parece q ele curte essas referências gregas. haha
    Eu achei forçado.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  9. Essas narrativas com mais de uma linha no tempo às vezes me confundem um pouco, mas essa narrativa parece ser tão envolvente e interessante, que fiquei com vontade de conhecer!

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  10. A história me pareceu bem interessante, mas se a narrativa é + lenta, eu acabo perdendo a paciência, rs.

    Beijos/Kisses.



    Anete Oliveira

    Blog Coisitas e Coisinhas

    Fanpage

    Instagram

    ResponderExcluir
  11. Oi
    não conhecia, como leio pouco triller não fico tanto por dentro dos lançamentos, pelo que falou parece ser um livro bem intenso, que bom que gostou da leitura, o outro livro da autora é bem comentado.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Eu adoro quando um personagem de um livro aparece ou é mencionado no outro. Já começo a fazer ligações. Não conhecia o livro, mas parece ser ótimo e que te prende até o fim.

    beijos

    ResponderExcluir
  13. Hope you are having a great week. My birthday was yesterday and it was so much fun. It puts you in the spirit to enjoy this gorgeous festive season.
    http://www.instagram.com/heathernoire89
    https://www.bauchlefashion.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Leyanne,
    Eu já li 'A Paciente Silenciosa' e não achei tuuuuuuudo isso, mas eu comprei esse livro 2 para minha mãe, então se bobear, eu me empolgo e leio! rs
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. OI! Eu gostei bastante de A Paciente Silenciosa e a forma como o autor me enganou, assim também estou muito interessada nesta nova obra. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  16. Olá Leyanne,
    Eu ando bem por fora dos lançamentos (dos últimos anos, para falar a verdade) e ainda não conhecia esse livro. Mas adorei ler sua resenha e conhecer mais da obra, é bem no estilo que gosto. Aliás, pela resenha já fiquei curiosa, principalmente sobre narrador anônimo. A paciente silenciosa eu ainda não li mas é um livro que tenho interesse em ler já tem tempo.

    Beijo!
    www.amorpelaspaginas.com

    ResponderExcluir

Dicas de Fantasia

[Fantasia][stack]

3 motivos para ler

[3 motivos][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]