resenhas

[Resenhas][slideshow]

São graphic novels mas também poderiam ser chamadas de obras de arte


Olá Leitores!

O trabalho de criar uma hq é imenso. Admiro bastante quem ilustra e todo o trabalho por trás da criação delas. Algumas posso muito bem chamar de obras de arte por terem traços lindos e carregarem histórias apenas pelas suas ilustrações. Reuni algumas graphic novels que são exatamente o que estou tentando explicar: obras de arte. E vou dizer o motivo de classificar elas assim:

PARAÍSO PERDIDO:


O livro foi originalmente publicado em 1667 em uma versão normal. A graphic novel da foto foi lançada pela Darkside em 2018 retratando sua história original. Os traços dela são um dos que mais me chamam atenção por um simples motivo: ele lembra demais a época de lançamento original da obra e trás em cada quadro uma tela como se fosse pintada no próprio renascimento.


É uma obra totalmente fiel ao seu tempo de publicação. A mesma paleta de cores acompanha a hq do início ao fim e o sombreamento dos quadros quando o diabo é mostrado faz jus à escuridão que ele trás. Assim como há quadros mais claros que remetem ao paraíso.

O CORVO:


Há um filme com o mesmo nome e protagonizado por Brandon Lee, que é um clássico do cinema lançado em 1994. O filme é fiel a hq, que foi lançada na década de 1980. Seus quadros são obras de arte em preto e branco. A história retratada na hq é bastante sangrenta porém ela não possui cores e a violência mesmo assim é evidente. Ela também foi desenhada à mão e pintada em nanquin.


Parece inacreditável que algo assim tenha sido feito por tamanha perfeição. Com traços detalhistas e contendo ilustrações cheias de significado, ao passar pelas páginas é possível compreender o motivo de sere uma obra de arte.

WYTCHES:


Nessa graphic novel, que fala sobre bruxas, há uma explosão de cores que me encantou. O traço indefinido, o contraste em cores dá uma noção de que a história é frenética e assim como mexe com o psicológico dos personagens, podemos ver que essa fusão que citei enfatiza o abalo psicológico.


A história não mexeu tanto comigo, porém não posso negar que os detalhes da hq são lindos.

3 comentários:

Dicas de Fantasia

[Fantasia][stack]

3 motivos para ler

[3 motivos][grids]

dicas para blogs literários

[Dicas para bookstagram][btop]

lidos do mês

[lidos do mês][grids]